Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Mototaxistas apóiam reeleição de André em Campo Grande

19 Ago 2010 - 15h24Por Fátima News com assessoria

Ontem, mais de 200 mototaxistas formalizaram apoio à reeleição do governador André Puccinelli. A reunião aconteceu na sede do sindicato da categoria, que reconhece o trabalho realizado por ele, quando foi prefeito de Campo Grande, bem como as prioridades que vem dando para atender os 78 municípios de Mato Grosso do Sul. “Vocês sabem que sempre lutei por vocês. Fui o primeiro prefeito do Brasil a regulamentar a profissão e agora ele se transformou em lei federal”, lembrou o governador. A Lei municipal foi criada em 2 de maio de 1997 - primeiro ano de André como prefeito da Capital -  e serviu de modelo para vários municípios do Brasil.

 

 

 

“Vou votar no André novamente porque ele é o melhor para o Estado. Ele fez muita coisa por Mato Grosso do Sul. Suas propostas são as melhores, afirma o mototaxista Abimael Souza Gomes, 43 anos, que atua há 9 anos na área. Ao lembrar o trabalho realizado pelo governador, quando prefeito da Capital, Abimael ressalta que ele mudou a “cara” de Campo Grande. “A cidade é uma antes e depois de André, sem exagero. Uma das principais obras que destaco que ele fez é o prolongamento da Norte Sul até o bairro Aero Rancho”, destacou.

 

 

 

Carlos da Silva, 48 anos, que atua há 12 anos como mototaxista, quando ainda os profissionais eram obrigados a atuar de forma clandestina, ressalta que André sempre esteve ao lado da categoria. “Ele sempre ouviu nossas reivindicações, legalizando nossa atividade. Podemos afirmar que ele refez Campo Grande, dando direção para seu desenvolvimento”, afirmou.  Ao analisar o trabalho realizado no Governo do Estado, Carlos destaca a prioridade que André deu à educação, entregando uniformes e kits escolares para os alunos. “Hoje podemos afirmar que os alunos das escolas estaduais têm identidade”, afirmou.

 

 

 

O André, ao regularizar a profissão, mostrou visão futurista sobre o assunto. Somente agora, 13 anos depois da lei municipal de Campo Grande, o Governo Federal regularizou a profissão, por meio da resolução 356 do Conselho Nacional de Trânsito, estabelecendo várias exigiências para atuar na área, entre elas idade mínima de 21 anos e ser aprovado em curso especializado. Ver íntegra da resolução:

 

http://www.denatran.gov.br/download/Resolucoes/RESOLUCAO_CONTRAN_356_10.pd

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral