Menu
SADER_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Morre ex-prefeito de Itaporã

2 Dez 2004 - 08h51
Faleceu ontem à tarde, em Dourados, vítima de infarto, o ex-prefeito de Itaporã, Manoel Joaquim da Silva, que administrou o município entre os anos de 1967 a 1970, onde se elegeu pelo PTB. Manoel tinha 79 anos, e teve oito filhos e 21 netos. Manoel quando residiu em Itaporã era comerciante, posteriormente após deixar o cargo, mudou-se para Dourados, onde atuava como produtor rural.
O prefeito Antonio Cordeiro (PL) lembrou que Manoel Joaquim “foi um grande homem público” e que escreveu seu nome na história de Itaporã. Sobretudo, Cordeiro lembrou os laços de amizade que foram estabelecidos entre ambos e suas respectivas famílias, em especial com seu pai o também ex-prefeito Aurenô Cordeiro.
No ano passado, quando Itaporã completou 50 anos de emancipação política Manoel Joaquim foi homenageado com sua foto estampada na galeria de prefeitos de Itaporã, onde esteve presente e lembrou as dificuldades na época em que administrou o município, onde o parque rodoviário possuía uma mínima frota, poucos funcionários e a capital do estado era Cuiabá, onde tudo que tinha que ser resolvido demorava-se muitos dias para chegar a até a capital. “Tudo era muito difícil” disse Cordeiro.
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho