Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Moka se reúne nesta quinta com peemedebistas de Dourados

25 Fev 2010 - 08h08Por Fátima News com Assessoria

O deputado federal Moka vai se reunir nesta quinta-feira (25) com filiados do PMDB em Dourados, o segundo maior colégio eleitoral do Estado. O deputado disputa as prévias do partido, de onde sairá o candidato ao Senado.

A votação será feita em urnas eletrônicas e está marcada para o dia 7 de março.

De acordo com Moka, os peemedebistas douradenses terão papel muito importante na disputa. São mais de 3 mil filiados aptos a votarem nas eleições primárias, segundo o diretório estadual do partido.

“Tenho um grande número de companheiros trabalhando para mostrar aos peemedebistas da nossa Dourados que temos um histórico de luta pela melhoria da qualidade de vida de nosso Estado. Os filiados também estão tomando conhecimento de que sou o pré-candidato com maiores chances de conquistar essa vaga para o PMDB. Vou em busca dela”, destaca.


A reunião de Moka com os filiados do PMDB vai acontecer às 19h30 desta quinta-feira, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Dourados, localizada na Avenida Joaquim Teixeira Alves, 1.480.

Leia Também

PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho