Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Missão dos EUA visita dois frigoríficos no MS

17 Ago 2006 - 10h20
Uma missão do Serviço de Inspeção do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos chegou ao Brasil na terça-feira, onde vai inspecionar oito abatedouros de bovinos e fábricas de termoprocessamento de carne de gado. A previsão é de que os americanos visitem dois frigoríficos em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o superintendente federal de Agricultura, José Antônio Felício, os técnicos da missão americana devem permanecer no Estado entre os dias 04 e 08 de setembro. Apesar de ainda não estar confirmado, a expectativa é de que eles visitem os frigoríficos Friboi e Independência. Antes de sair a campo, a missão esteve reunida, ontem, com as equipes do Ministério da Agricultura para definir o itinerário da visita. Além de MS, os técnicos americanos devem inspecionar frigoríficos nos Estados de São Paulo, Mato Grosso, Goiás. Eles também visitarão o laboratório de microbiologia no Mato Grosso.

O objetivo da visita é verificar os programas de autocontrole sanitário desses estabelecimentos e os procedimentos de inspeção empregados pelo Dipoa nesses locais. Os técnicos norte-americanos visitarão apenas empresas habilitadas a vender para aquele mercado.

Os EUA só importam do Brasil carne bovina termoprocessada. Segundo o coordenador-geral de Organização para Exportação da Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI), Eliezer de Lima Lopes, os embarques brasileiros de carne de gado industrializada para o mercado norte-americano totalizaram US$ 205,7 milhões em 2005. De janeiro a julho deste ano, as vendas do produto para os EUA somaram US$ 167,4 milhões.

Durante a visita, os técnicos do governo do EUA serão acompanhados por servidores do Dipoa. No dia 12 de setembro, a missão fará uma reunião final de avaliação em São Paulo.

Segundo o coordenador-geral de Programas Especiais do Dipoa, Ari Crespim dos Anjos, o objetivo da missão é verificar os programas de autocontrole desses estabelecimentos e os procedimentos de inspeção desenvolvidos pelo Dipoa. “Os Estados Unidos querem checar se estão sendo cumpridas às garantias que eles exigem para importar os produtos brasileiros”, explica Crespim.

Após a identificação de febre aftosa na região de fronteira com o Paraguai, no ano passado, o Estado tem recebido, recentemente, diversas missões internacionais, todas elas voltadas à atividade agropecuária.

No mês passado, o Estado recebeu técnicos da União Européia e da Rússia, que visitaram o MS para avaliar as medidas sanitárias adotadas pelo governo para controlar os focos de febre aftosa, confirmados em outubro do ano passado.
 
Diário MS

Leia Também

BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)
FOTO: REDES SOCIAIS DESCARGA FATAL
Jovem morre ao desligar geladeira da tomada após queda de raio