Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Ministro vem lançar Núcleo de Piscicultura em Dourados

6 Dez 2004 - 16h28
O ministro da Pesca, José Fritsch, vem a Dourados na próxima segunda-feira para lançar oficialmente o Núcleo de Pesquisa em Piscicultura da Embrapa Agropecuária Oeste.
Ele vem acompanhado por diretores da empresa, além do governador Zeca do PT, o vice-governador Egon Krakhecke, prefeitos da região e parlamentares.
Peça fundamental na geração de tecnologias, o núcleo terá como objetivo fortalecer a cadeia produtiva do peixe em Mato Grosso do Sul, através da geração de tecnologias para o setor. Serão aplicados cerca de R$ 450 mil na adequação da estrutura física (construção de tanques e laboratórios) da unidade local da Embrapa.
Hoje, a piscicultura sul-mato-grossense produz entre 1,6 e 2,7 mil toneladas de peixes por ano. Segundo o Chefe-Geral da Embrapa em Dourados, Mário Artemio Urchei, “o compromisso de implantar o Núcleo da piscicultura em Dourados, a partir das demandas apresentadas pelo setor e encaminhadas por intermédio da Câmara Setorial da Pesca de Mato Grosso do Sul está sendo resgatado agora”.

 
 
Grande FM

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho