Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Ministro Furlan destaca as potencialidades de Três Lagoas

19 Dez 2006 - 13h00
Encerrado há poucos minutos o pronunciamento do governador Zeca do PT, nesse momento quem está discursando é o Ministro do Desenvolvimento Luiz Fernando Furlan, que acaba de destacar o potencial do município e do Estado para a industrialização. Ele, que representa o presidente Lula na solenidade de lançamento da pedra fundamental das fábricas de celulose e papel que será construída em Três Lagoas nos próximos dois anos.
Realizado no Horto Barra do Moeda, onde serão construídas as unidades fabris, o evento está bastante concorrido, com a presença de políticos e autoridades locais, estaduais e nacional, dentre os quais, vários prefeitos dos estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo, incluindo a anfitriã Simone Tebet (PMDB).
Após os discursos, será lançada oficialmente a pedra fundamental da obra.

INVESTIMENTOS

O anúncio da construção das fábricas – viabilizado por meio do acordo de permuta de ativos firmado entre a IP e a Votorantim Celulose e Papel (VCP) em 19 de setembro – é a realização de um sonho que começou em 1988. Três Lagoas reúne as condições apropriadas para a implantação do projeto, por apresentar base florestal constituída e consolidada desde os anos 80. Além disso, tornou-se pólo de desenvolvimento regional, devido à sua proximidade a fontes de energia elétrica e gás natural, infra-estrutura de logística para recebimento de insumos e escoamento de produtos e disponibilidade hídrica por meio do rio Paraná.

Intensificando a inserção do Brasil no mercado global – Trata-se da primeira fábrica de papel a ser construída no Brasil, após o período de 12 anos, o que evidencia a importância do empreendimento para o setor de papel e para o próprio desenvolvimento do País. "Com esta nova fábrica de papel, a IP reafirma seu otimismo com a estabilidade e crescimento econômico do Brasil, além de tê-lo como plataforma de crescimento mundial para seus negócios, focados em papel para imprimir e escrever e em embalagens, conforme as diretrizes do Plano de Transformação Global da companhia", enfatiza Maximo Pacheco, presidente executivo da International Paper do Brasil.

NOVA FÁBRICA

Segundo Máximo, a nova fábrica de papel é um projeto que se insere em um mercado em franco crescimento e que tem uma forte demanda global – o mercado latino-americano de papel não revestido, por exemplo, deve ter um incremento anual de 3,5% nos próximos 15 anos. "A implantação dessa nova unidade produtora, com capacidade inicial de 200 mil toneladas/ano de papel e previsão de início de operação no primeiro trimestre de 2009, permite à IP atender aos nossos clientes da América Latina e demais regiões do mundo, intensificando a inserção do Brasil no mercado global", declara.

Projetos financeiramente robustos, a IP investirá US$ 1,5 bilhão em Mato Grosso do Sul com a instalação das fábricas de papel e de celulose. Os empreendimentos proporcionarão um aumento de 0,15% no PIB brasileiro, de 13,5% no do Estado e de quase 300% no do município de Três Lagoas. Na etapa de construção e montagem, possibilitarão a geração de cinco mil empregos diretos (em média) a 10 mil (no pico das obras) – pelo efeito multiplicador na economia, inclusive, prevê-se a criação de 10 mil a 12 empregos indiretos nesta mesma fase. Já na etapa de operação, serão gerados aproximadamente 800 empregos diretos nas duas unidades produtoras e, pelo efeito multiplicador, estima-se 5,6 mil empregos indiretos na região.

EMPREENDIMENTOS

Apoio da comunidade e benefícios para a população – A concretização dos empreendimentos trará benefícios para a economia local, possibilitando o desenvolvimento em cadeia da indústria, comércio e serviços e elevando o padrão de qualidade de vida das pessoas na região. Por isso, os projetos das fábricas contam com o apoio da população de Três Lagoas e seu entorno e dos demais cidadãos sul-mato-grossenses. "Podemos perceber a importância das fábricas para a comunidade e seu apoio aos projetos quando da realização dos fóruns e outros encontros que fizeram parte do processo de obtenção das licenças ambientais, com a ativa participação de entidades, associações e ONGs, e também a partir do comparecimento maciço de mais de mil pessoas na audiência pública realizada no dia 27 de abril", exemplifica Máximo.

Como parte do processo de obtenção dos licenciamentos, no dia 1º de dezembro foram concedidas as Licenças de Instalação das fábricas de papel da IP e de celulose da Chamflora Três Lagoas Agroflorestal – subsidiária da IP que atua na área de silvicultura de eucalipto em Três Lagoas e região – pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema) de Mato Grosso do Sul, por meio do Instituto de Meio Ambiente Pantanal (Imap), além das Licenças Prévias do cais de atracação e do canteiro de obras. O ato ocorreu no gabinete do governador do Estado, José Orcírio Miranda dos Santos, com a presença de autoridades e representantes da companhia.

"No mundo de hoje, as questões socioambientais devem ser tratadas com responsabilidade e profissionalismo, princípios que a IP segue à risca, como no caso de todo o processo de obtenção das licenças e também na operação de seus negócios, seja no Brasil ou em outros países do mundo. Com esses empreendimentos, levamos ao Estado o desenvolvimento sustentável e reafirmamos nosso compromisso e respeito com comunidade e o meio ambiente", enfatiza Maximo.

IP

Sediada nos Estados Unidos, a International Paper (www.internationalpaper.com.br) lidera a indústria de produtos florestais há mais de 100 anos. A empresa está atualmente transformando suas operações, focando seus negócios nos segmentos de papéis não revestidos e de embalagens, que operam e atendem clientes nos EUA, Europa, América do Sul e Ásia. A International Paper está comprometida com a sustentabilidade ambiental, econômica e social, tendo como política a não utilização de madeiras provenientes de áreas florestais nativas.
 
 
Perfil News
 

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro