Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 8 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Ministro da Pesca visita três municípios de MS na sexta

17 Jun 2010 - 15h06Por Conjuntura Online

Na sexta-feira (18), o ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, fará visita aos municípios de Dourados, Itaporã e Dois Irmãos do Buriti, no Mato Grosso do Sul. Gregolin deve anunciar a liberação de investimentos federais para Mato Grosso do Sul para compra de equipamentos para o frigorífico de peixes, recursos que fazem parte de uma emenda parlamentar de autoria do Vander Loubet (PT-MS) no valor de R$ 900 mil.

A agenda do ministro no Estado, com Vander integrando a comitiva, começa com uma reunião com prefeitos da região, na Prefeitura de Dourados, às 8h. Às 9h30 será realizado o lançamento da obra do entreposto de pescado da cidade. Às 10h será anunciado o Plano de Fortalecimento da Cadeia do Pescado na Grande Dourados, evento que acontecerá na UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados ).

Ao meio-dia a comitiva segue para Itaporã, onde Altemir Gregolin participa de reunião com os pescadores. Já em Dois Irmãos do Buriti, às 15h, haverá o lançamento do entreposto de pescado no município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem