Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de maio de 2021
Busca
Brasil

Ministro admite falhas no Bolsa Família

8 Set 2004 - 07h35
O ministro do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, reconheceu ontem que o controle sobre os repasses do programa Bolsa Família é parcial e está aquém dos planos do governo. Ananias admitiu que o governo tem um controle incipiente sobre quem está recendo os recursos.

"Nós reconhecemos, sem nenhum constrangimento, que há deficiência no controle", afirmou o ministro, segundo o jornal O Globo. Um dos problemas citados é de que o governo não sabe se os filhos dos beneficiados freqüentam a escola.

"Mas é uma opção que o governo fez. Não estamos abandonando a condicionalidade de que as pessoas que recebam o auxílio devam manter os filhos na escola. Vamos cumprir a lei, inclusive vamos aperfeiçoá-la, incorporando outros atores na regulamentação. Estamos trabalhando nisso intensamente", explicou.

Ontem, o jornal publicou que o governo federal não tem controle sobre a freqüência escolar das crianças beneficiadas pelo programa. Em 2002, apenas 13% das escolas informavam à Caixa Econômica Federal a freqüência dos alunos mas. Este ano, o percentual pode estar próximo de zero, segundo coluna publicada em O Globo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho