Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 19 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Ministério lança grupo de trabalho para combater o crack

22 Out 2010 - 17h20Por G1

O Ministério da Justiça anunciou nesta sexta-feira (22) novas medidas de combate ao tráfico do crack. A Secretaria Nacional de Segurança Pública viabilizou a criação de um grupo de trabalho composto pelos departamentos de narcóticos de 11 estados, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e a própria secretaria. O objetivo é a troca de informações e de tecnologia entre as delegacias especializadas em narcotráfico.

“Precisamos ser inteligentes. O tráfico não é localizado, não respeita fronteiras. O combate tem de ser o mesmo no país, e a comunicação entre esses entes tem de ser constante”, afirmou o secretário nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri.

A previsão é que as unidades de repressão a entorpecentes dos 11 estados recebam R$ 500 mil ainda este ano para a compra de novos equipamentos, principalmente de comunicação e de informática, que ajudarão no combate ao tráfico de crack e outras drogas.

Para receber os recursos, cada estado deve apresentar um projeto de compra de equipamentos. Os projetos do Rio Grande Sul, Paraná e Pernambuco já foram aprovados. Minas Gerais, Acre, Rio de Janeiro, Pará, Bahia, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Mato Grosso terão seus projetos analisados ainda este ano. O secretário afirma que até o final de 2011 todos os estados do país devem estar integrados por meio do grupo de trabalho.

Além da ajuda financeira, o Ministério da Justiça pretende estimular a capacitação de policiais civis para atuarem em ações de combate às drogas. Questionados sobre recursos para o aumento do contingente de policiais civis, o secretário explicou que a contratação de novos policiais é de responsabilidade de cada estado.

“O crack é uma droga devastadora. É um tema central de atenção e de preocupação da sociedade. O crack é uma droga criminógena, pois gera crime e destruição social”, afirmou Balestreri. "O Brasil tem tecnologia de combate a drogas tradicionais. [...] O crack é uma droga totalmente nova e inclusive nova do ponto de vista repressivo", completou.

O Ministério da Justiça não possui dados sobre o consumo da droga no país. A previsão é que no primeiro semestre de 2011 seja divulgada a Pesquisa Nacional de Vitimização, com informações sobre violência e crimes, incluindo o tráfico e consumo de crack.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral