Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
sábado, 17 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Ministério do Turismo deve divulgar até abril plano de metas

22 Out 2004 - 16h37
O Ministério do Turismo já está elaborando o plano de metas do setor até 2010 e deverá divulgá-lo até abril do próximo ano. Segundo o ministro Walfrido Mares Guia, com o plano, poderão ser obtidos resultados relevantes em termos de entrada de turistas internacionais no Brasil e, por extensão, no Mercosul. “Temos que trazer turistas de outros países, mostrando a eles que nós somos 'hermanos' e estamos irmanados no Mercosul, no sentido de oferecer o que há de melhor”, disse o ministro.

O Brasil recebeu, no ano passado, 4,2 milhões de turistas, dos quais 1,2 milhão de argentinos. Os números consolidados de turistas estrangeiros nos quatro países do bloco - Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina - não são superiores a 5 milhões, calculou o ministro. Ele acredita que esse total poderá dobrar em quatro ou cinco anos, no máximo, a partir do plano estratégico que está sendo montado pelos Ministérios do Turismo dos países do Mercosul. Para isso, existe entrosamento, recursos e competência, além do fato de que as políticas de turismo são prioridade nos quatro países, acrescentou.

Walfrido Mares Guia reconheceu a distância que ainda separa o Brasil de outras nações, como a Espanha, que tem uma atividade turística muito dinâmica e responsável por grande parte da entrada de divisas na economia espanhola.

“A gente não pode comparar nunca a situação do Brasil com a da Espanha, da França ou da Itália, que estão rodeados de países ricos, todos interligados agora na União Européia”, observou o ministro. Segundo ele, há um longo trabalho a ser desenvolvido por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai para que esses países sejam ligados por rodovias e ferrovias de primeira linha. “Não temos nenhuma ferrovia para escoar nossa produção industrial via Pacífico!”, ressaltou.

Na opinião do ministro, enquanto não são realizadas as obras de infra-estrutura necessárias à dinamização do turismo e maior integração no Mercosul, deve-se lutar com as armas existentes, entre elas, a melhoria das conexões, de modo a facilitar o fluxo turístico, e a ampliação e criação de alternativas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições