Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de maio de 2021
Busca
Brasil

Ministério das Comunicações lança site sobre TV digital

19 Ago 2004 - 17h30
Brasília - Quem quiser conhecer com detalhes os conceitos, padrões e modelos internacionais da TV digital e acompanhar o desenvolvimento do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD), já pode acessar o certe da TV digital no portal do Ministério das Comunicações (www.mc.gov.br) e do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD). O site foi lançado hoje pelo Ministério das Comunicações.

O SBTVD foi criado em novembro de 2003 para estimular e unificar as pesquisas de desenvolvimento de uma tecnologia nacional de TV digital. O modelo de referência da TV digital brasileira deve ser apresentado pelos consórcios de pesquisa em março de 2005 e a expectativa é que o sistema entre em atividade em meados de 2006.

O estudo para a implantação do sistema no país começou em 1994 e ganhou força a partir de 1998, quando a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) passou a estimular os testes de laboratório e de campo dos três sistemas digitais terrestres de radiodifusão existentes no mundo: o americano (ATSC), o europeu (DVB-T) e o japonês (ISDB-T).

A escolha do sistema que será utilizado é apenas o primeiro passo do processo de digitalização da televisão brasileira. Na prática, a implantação de todas as etapas - transmissão, produção, distribuição e recepção - envolvendo emissoras, produtoras e fabricantes de equipamentos deve demorar de dez a 15 anos. Durante esse período, as transmissões digital e analógica funcionarão juntas, como ainda acontece com a telefonia analógica e digital.

Segundo o pesquisador Ricardo Benetton (do CPqD), a transição do sistema de transmissão analógico para o digital não é apenas uma evolução tecnológica, mas uma nova plataforma de comunicação capaz de oferecer dezenas de benefícios aos usuários e incrementar o processo de inclusão digital no país.

TV digital aberta e gratuita

Por determinação do Ministério das Comunicações, qualquer que seja o padrão de TV digital adotado no Brasil, ele terá que ser aberto e gratuito, acessível à população atendida pela TV analógica e capaz de disponibilizar conexão com a Internet como forma de colaborar para o fim da exclusão digital.

A imagem de alta definição ou HDTV (Hight Definicion) é um dos principais atrativos da TV digital. O HDTV amplia o feixe de resolução de 480 linhas para até 1.080 linhas horizontais, melhorando a qualidade da textura, da cor e da profundidade de campo das imagens captadas e aumentando a sensação de realidade das cenas.

O sinal de áudio também é muito melhor. A qualidade do som digital é semelhante à do CD e reproduz com fidelidade os filmes de cinema, gravados no padrão dolby digital de 5.1 canais. Na TV digital, o sinal é constante e ininterrupto, eliminando os problemas de recepção e as imagens tremidas ou com sombras (fantasmas).

Imagem com alta definição, som digital, sinal estável, interatividade, múltiplos canais e a possibilidade de conectar a Internet pela televisão são apenas algumas das vantagens da TV digital.
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias