Menu
SADER_FULL
sábado, 6 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Ministério cancela 547 carteiras de pescador profissional em MS

Em todo o País, ficaram sem validade este ano 86.917 documentos, segundo balanço do Ministério

28 Abr 2011 - 06h58Por TV Morena

O Ministério da Pesca e Aquicultura cancelou somente em 2011, 547 carteiras de pescador profissional em Mato Grosso do Sul. Em todo o País, ficaram sem validade este ano 86.917documentos, segundo balanço apresentado pela ministra da pasta, Ideli Salvatti.

Os cancelamentos são resultados do cruzamento de dados do Registro Geral de Pescadores Profissionais com o Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS. Entre os motivos estavam vínculo empregatício, óbito e recebimento de benefício do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.

Durante o levantamento foi constatado que 354 dos inscritos recebiam algum tipo de benefício previdenciário, 21 estavam registrados como óbitos e 172 possuíam algum tipo de vínculo empregatício.

Lista de ativos

Além de apresentar os números de carteiras canceladas, a ministra também anunciou que a partir desta quarta, o Ministério disponibiliza em sua página na internet os nomes dos pescadores profissionais ativos no Registro Geral de Pescadores (RGP).

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento