Menu
SADER_FULL
terça, 25 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Ministério abre concurso para 70 vagas de R$ 2.067,30

10 Out 2009 - 08h34Por Folha Online

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome anunciou nesta semana concurso para preencher 70 vagas abertas de agente administrativo, sendo quatro reservadas aos portadores de necessidades especiais. A remuneração inicial é de R$ 2.067,30.

Os aprovadores terão de comprovar a conclusão do ensino médio e trabalharão no Distrito Federal. As inscrições começam na próxima quinta-feira (15) e vão até 29 de outubro, e podem ser feitas pelo site www.cespe.unb.br/concursos/mds2009. A taxa é de R$ 38,00.

A seleção terá uma etapa eliminatória e classificatória, de provas objetivas, prevista para 29 de novembro. Os candidatos terão 3 horas e 30 minutos para responder as 120 questões.

A previsão é que os locais e horários de realização do concurso sejam divulgados em 19 de novembro, no mesmo endereço eletrônico de inscrição.

O resultado final nas provas objetivas e a convocação para a perícia médica dos candidatos que se declararem portadores de deficiência estão previstos para 21 de dezembro.

Leia Também

ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio
ACASALAMENTO DE COBRAS
Casal sucuri acasalando em rio assusta e impressiona turistas; veja vídeo
MEIO AMBIENTE
O número médio anual de relâmpagos do país aumentará para 100 milhões
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, Brasil registrou mais 135.080 casos e 296 mortes por covid-19
Fábrica de placas solares  ENERGIA SOLAR
Brasil atinge 1 milhão de consumidores com geração própria de energia solar
BRASIL 622.205 MORTES
Com recorde de 204.854 novos casos, Brasil registra 350 óbitos em 24 horas
ALARMANTE
Brasil bate recorde de casos diários de covid-19 com 204,8 mil
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab ainda tem 916 vagas para indígenas trabalharem nas lavouras de maçãs em SC e RS
BAIXA RENDA
Auxílio Gás: governo libera o pagamento no valor de R$ 52
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem um aumento e registra 351 mortes em 24 horas