Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Mini-lipo promete modelar pequenas imperfeições do corpo

13 Abr 2007 - 13h00
Pequenas regiões do corpo que retém gordura localizada também podem ser tratadas com lipoaspiração, melhor, com uma mini lipoaspiração. É a técnica conhecida como lipo light ou mini-lipo. O queixo, a parte interna dos joelhos, região pequena do culote e abdômen são exemplos da aplicação. Dr. Flavio Borges Fortes, cirurgião plástico membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), explica que a técnica é bem mais simples que lipoaspiração convencional. Não há necessidade de repouso e internação. “É menos dolorida e na comparação deixa poucos hematomas. A recuperação torna-se curta”, completa.

O diferencial é o tratamento de pequenos volumes de gordura. “O que limita a lipo light é a quantidade de anestésico que pode ser utilizado. Por ser local, não podemos tratar grandes áreas”, esclarece. Aplica-se anestesia local na área que se deseja tratar, seguido de ultra-som externo por 5-10 minutos. O ultra-som promove a destruição das células de gordura, que após são aspiradas por cânulas finas. É comum um inchaço nos primeiros cinco dias. Por isso ainda recomenda-se a realização de drenagem linfática.

O resultado, comemora Flavio, “é a modelagem e o aperfeiçoamento do contorno corporal nas áreas restritas”. Em muitos casos, é possível voltar às atividades normais no dia seguinte. O investimento equivale a 30% do valor de uma lipoaspiração. Com avaliação médica, pode-se optar por fazer várias lipo light no lugar de um único procedimento convencional.

No Brasil, a lipo light é realiza desde 2002. Os riscos são mínimos, desde que seja bem indicada e o paciente siga corretamente todas as recomendações médicas após a operação. É importante pesquisar a respeito do médico que fará a cirurgia, de sua formação e especialidade. O site da SBCP, por exemplo, oferece um campo para a busca de seus associados no endereço http://www.cirurgiaplastica.org.br

Entenda as diferenças:

Lipo light x lipoaspiração x lipoescultura
A lipo light (ou mini-lipo) é o procedimento que trata gorduras localizadas no consultório, sob anestesia local. Na lipo light retira-se pouca quantidade de gordura de uma pequena área do corpo. Na lipoaspiração tradicional trabalha-se grandes depósitos de gordura em um tempo cirúrgico, em hospital sob anestesia peridural. Já na lipoescultura aproveita-se a gordura do próprio paciente que foi retirada de uma determinada região e recoloca-se (enxerta-se) nos locais em que há falta. Por exemplo, no bum-bum.
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
VACINA COVID 19
Bolsonaro diz que vacina contra covid deverá estar disponível em dezembro
FALSIFICAÇÃO
Nota falsa de R$ 200 começa a circular
REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus