Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Militares de MS são convocados para combater desmatamento em MT

26 Mai 2011 - 15h47Por Conjutura

Militares lotados em Campo Grande embarcaram nesta quinta-feira (26) da Base Aérea de Campo Grande para Sinop, no Mato Grosso. Ao todo, 200 integrantes do Exército vão compor uma tropa especial, juntamente com integrantes da Força Nacional, policiais rodoviários federais, agentes da Polícia Federal e equipes de fiscalização do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em ações contra o desmatamento na região norte de Mato Grosso.

Segundo, o chefe do centro de operações do CMO (Comando Militar do Oeste), o general Valério Stumpf, 78 militares embarcaram hoje de Campo Grande e vão compor o grupo que permanecerá em 10 municípios de Mato Grosso por cerca de dois meses. Lá os oficiais vão inibir e reduzir o desmatamento na região. Nesta quarta-feira (25), outros 122 oficiais embarcaram de uma base em Coxim para Sinop (MT).

Dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) indicam que dos 593 km² da área degradada da Amazônia Legal, entre os meses de março e abril deste ano, 480,3 km² ficam no estado de Mato Grosso.

“O desmatamento aumentou muito na região no norte de Mato Grosso, por isso, fomos chamados pelo governo federal para apoiar a fiscalização e o controle dos agentes do Ibama nessas áreas afetadas”, explicou o general Stumpf.

O Exército ajudará na questão logística e na remoção de máquinas apreendidas, além de fazer revista, patrulha e até prisões em flagrante, em casos onde pessoas estiverem cometendo crimes ambientais. Para isso estão sendo levadas armamento como fuzis, metralhadoras e pistolas.

Esta é a primeira vez que o cabo João Arantes participa deste tipo de missão. “Eu via aquele desmatamento acontecendo pela televisão e agora eu vou estar lá, combatendo aquilo”.

A missão dos militares passará pelos por Sinop, Cláudia, Santa Carmem, Nova Ubiratã, Porto do Gaúchos, Alta Floresta, Confressa, Alto da Boa Vita, Itanhangá, Aripuanã. A previsão é de que a operação termine no dia 31 de julho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério