Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de maio de 2021
Busca
Brasil

Milan quer R$ 23 milhões para liberar Ronaldinho, diz jornal

19 Jul 2010 - 09h00Por R7
O atacante Ronaldinho Gaúcho chega a Milão, na Itália, neste domingo (18) para, acompanhado de seu irmão e empresário, Assis, definir sua situação no Milan. Ele segue sendo pretendido por muitos clubes. De acordo com o jornal Corriere dello Sport, só seria liberado por R$ 23 milhões (10 milhões de euros).

Entre os brasileiros, o Flamengo manifestou desejo explícito de repatriar o ex-jogador do Grêmio. O Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, também teria interesse em sua contratação. A diretoria do Milan, no entanto, deve fazer proposta para renovação de contrato do craque, mas com valores mais baixos.

De acordo com a publicação, Adriano Galliani, vice-presidente do clube milanês, não pretende fazer novo acordo por mais de 4 milhões de euros (R$ 10, 8 milhões). Para poupar dinheiro, a liberação de Ronaldinho sairia apenas por 10 milhões de euros (R$ 23 milhões). É o mesmo preço pelo qual o zagueiro Thiago Silva, também do Milan, é cotado.

Com os valores recebidos mais a economia em salário, a diretoria poderia voltar seus esforços para a contratação dos atacantes Ibrahimovic, do Barcelona, ou Dzeko, do Wolfsburg. O futuro de Ronaldinho Gaúcho, no entanto, deve ser mesmo em Milão. O time rossonero e seu empresário, Assis, descartaram um acerto com o Flamengo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo