Menu
SADER_FULL
segunda, 2 de agosto de 2021
Busca
Brasil

Mercado reduz previsão de inflação em 2010 a 5,35%

26 Jul 2010 - 16h16Por G1

O mercado reduziu sua estimativa para a alta do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) neste ano a 5,35%, ante projeção anterior de 5,42%, mostrou o relatório de mercado do Banco Central, também conhecido como Focus e divulgado nesta segunda-feira (26). O documento é fruto de pesquisa da autoridade monetária com os analistas do mercado financeiro.

A previsão de IPCA no ano que vem foi mantida em 4,8%.

Na primeira divulgação desde que o BC abrandou o ritmo do aperto monetário no Brasil, o Focus mostrou também que a projeção para a Selic no final deste ano recuou a 11,75%, ante 12% na semana anterior.

Juros

O mercado financeiro reduziu a previsão para a Selic (a taxa básica de juros da economia) para o fim de 2010, de 12% para 11,75% ao ano. Já a projeção para a taxa no fim de 2011 permaneceu em 11,75% ao ano.

A estimativa para o desempenho da economia brasileira em 2010 não sofreu alterações. A previsão para a expansão do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano ficou em 7,20%. Para 2011, a previsão para o PIB foi mantida em um crescimento de 4,50%.

No mesmo levantamento, a estimativa para a produção industrial em 2010 recuou de 12,12% para 12,10%. Para 2011, a projeção para o avanço da indústria permaneceu em 5,00%.

Câmbio

Os analistas mantiveram a previsão para o patamar do dólar no fim do ano. O nível da moeda norte-americana no fim de 2010 seguiu em R$ 1,80. Para o fim de 2011, a expectativa para a moeda americana permaneceu em R$ 1,85. A previsão do câmbio médio no decorrer de 2010 seguiu em R$ 1,80.

O mercado financeiro alterou ainda as previsões para o déficit nas contas externas em 2010. A previsão para o déficit em conta corrente neste ano subiu de US$ 47,46 bilhões para US$ 48,00 bilhões.

Para 2011, a previsão de déficit em conta corrente do balanço de pagamentos caiu de US$ 60 bilhões para US$ 57,93 bilhões.

Já a previsão de superávit comercial em 2010 caiu de US$ 16,00 bilhões para US$ 15,41 bilhões. Para 2011, a estimativa para o saldo da balança comercial subiu de US$ 7,81 bilhões para US$ 8,00 bilhões.

Analistas reduziram ainda a estimativa de ingresso de IED (Investimento Estrangeiro Direto) em 2010 de US$ 34,30 bilhões para US$ 33,65 bilhões. Para 2011, a estimativa para o IED permaneceu em US$ 40 bilhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÃOPAINHA
Cachorro toca campainha após ficar trancado fora de casa
SONHO INTERROMPIDO
Ultimo ensaio fotográfico minutos antes de médico sofrer choque e morrer nas vésperas de casamento
OLIMPÍADA
Rebeca é prata e faz história na ginástica olímpica em Tóquio
FENÔMENO DA NATUREZA
Chuva de meteoros será visível na madrugada de quinta para sexta em todo Brasil
A CASA CAIU
Mulheres se unem e surram "valentão" flagrado agredindo ex no meio da rua
CRISE HÍDRICA
Novas fontes preparam MS para a crise hídrica, ressalta governador
ABAIXO DE ZERO
Com -8,6°C, SC registra a menor temperatura do Brasil em 2021, diz Inmet
COVID-19
Em dia de aumento de casos Brasil tem 1.333 óbitos por Covid - 19 nas últimas 24 horas
CONCURSO PÚBLICO
Caixa Econômica convocará 9 mil de concursos e abre mais mil vagas
BRASIL - 550.502 MORTES
Covid-19: país ultrapassa 550 mil mortes e tem 19,7 milhões de casos