Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 3 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Menos de 1% de eleitores regularizou situação no TRE/MS

17 Abr 2007 - 04h50
 

Menos de 1% dos eleitores de Mato Grosso do Sul que tem pendências com a Justiça Eleitoral porque deixaram de votar ou justificar o voto por três eleições consecutivas, procuraram os cartórios eleitorais para regularizar a situação. O prazo termina no dia 26 de abril, e quem não ficar em dia com a Justiça Eleitoral terá o título de eleitor cancelado.

Segundo levantamento do TRE/MS, dos 35.620 eleitores que tem problemas com a Justiça Eleitoral no Estado, apenas 333 compareceram aos cartórios eleitorais. A expectativa do tribunal é que o movimento aumente nos próximos dias com a proximidade do encerramento do prazo.

Para regularizar sua situação, o eleitor “faltoso” deverá comparecer a um cartório eleitoral com um documento de identidade e título de eleitor. No local, ele deverá comprovar que votou nas últimas eleições ou justificar o motivo da sua ausência, e fazer o pagamento da eventual multa (em média R$ 3,50 por eleição em que deixou de votar ou justificar o voto).

Para saber se está na lista de faltosos, basta clicar aqui e acessar o link "consulta ao título de eleitor" na página do TSE na Internet.

Sanções

Além do risco de perder o título, o eleitor faltoso deixa de contar com alguns direitos essenciais à cidadania. Sem a prova de que votou na última eleição, pagou a multa respectiva ou de que se justificou devidamente, não pode tirar documentos de identidade, CPF ou passaporte, renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial, inscrever-se em concurso público, assumir cargo público, participar de concorrências em órgãos públicos, obter empréstimo na rede bancária oficial, praticar qualquer ato que exija quitação do serviço militar ou imposto de renda, e, se for servidor público, não recebe sequer o salário correspondente ao segundo mês subseqüente ao da eleição.  Com informações da TV Morena.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados