Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Menino morto e queimado foi enterrado em caixão de papelão

10 Mar 2010 - 17h30Por Dourados Informa
Dez horas da manhã. Sol a pino. Silêncio absoluto. Apenas o coveiro João Joaquim da Silva, o “homem da funerária” e mais cinco pessoas acompanharam o sepultamento do garoto Anderson dos Santos de 13 anos, morto a facadas, desovado num terreno baldio onde foi queimado.

A cena aconteceu na manhã desta quarta-feira no Cemitério Santo Antonio de Pádua de Dourados, onde todos os dias João Joaquim abre e fecha covas num ritual emblemático para conseguir um salário mensal. De todos os sepultamentos o de Anderson foi o que mais chamou a atenção do coveiro.

Foram apenas dez minutos até que o caixão daqueles mais baratos feitos com ripas de madeira e encoberto de papelão descesse à “cova rasa” para ser “cimentado” pela terra vermelha de Dourados.

Quatro primos e apenas um irmão do garoto morto estavam presente para a “última homenagem”. Nenhuma lágrima, nenhum soluço. Apenas o silêncio ensurdecedor dos poucos familiares.
Cleuza Santos, de 39 anos, não suportou a dor de perder seu terceiro filho de forma brutal e deixou de compareceu ao cemitério. Ficou acertando os detalhes burocráticos para o sepultamento do filho.

O coveiro, assim que os familiares e o agente funerário deixaram o cemitério, continuou o seu trabalho. Ajeitou a terra sobre o caixão do menino e por fim postou na lápide imaginária uma cruz de madeira onde foi escrito o número 5944.
João Joaquim seguiu a sua rotina de trabalho. Novas covas devem ser abertas. Mais adolescentes e jovens vão morrer vítimas das drogas e as famílias continuarão sofrendo com o poder devastador da violência e da injustiça social.

Enquanto para a sociedade Anderson que nem sequer conseguir terminar o ensino fundamental passou a ser apenas um número numa cruz, para a mãe, trabalhadora e sofredora, sobrou uma dor pungente. Um desalento. Um desencanto e a falta de fé na justiça.

A primeira grande perda de Cleuza foi em 2006 quando o seu filho mais velho foi assassinato a tiros em São Paulo. Dois anos depois, o segundo filho, morre de forma violenta. Foi no bairro Canaã I que perdeu a vida vítima de apedrejamento.

A saga de sofrimento de Cleuza continuou e há dois dias mais um filho morre. Anderson recebeu várias punhaladas e morreu. Seu corpo foi desovado num matagal e foi queimado. Só foi identificado porque carregava no bolso uma cópia da certidão de nascimento e uma fotografia da mãe.

Cleuza disse que os três filhos eram dependentes químicos. Anderson começou a fumar maconha aos onze anos. Passou para a pasta base de cocaína e encontrou o “inferno devastador” com o crack. Ela chegou a internar o menino numa clínica para recuperação, mas ele preferiu a liberdade das ruas e do vício.

A casa pobre e sem cerca da Rua José Alencar, 1750 não será a mesma. O pouco de alegria que ainda restava desapareceu como a fumaça do crack. Sobraram ainda para Cleuza, quatro filhos e a vontade de continuar vivendo e trabalhando.
Mas a morte de Anderson não abalou a sociedade douradense. Entrou para as estatísticas de adolescentes e jovens que todas as semanas são assassinados nos bairros mais pobres e remotos da cidade onde lágrimas de mães são coisas corriqueiras. É mais uma vítima das drogas e da violência que ela gera.

Leia Também

TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19
FAMILIA GRANDE
Mãe dá à luz quíntuplos em maternidade de São Paulo
joao 5 39 examinais as escrituras 2_3 LIÇÕES DA BIBLIA
Por meio Dele Deus fez o Universo