Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de outubro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Médicos e enfermeiros ameaçam nova paralisação em Dourados

7 Out 2006 - 10h45
 

Médicos e auxiliares de enfermagem da Rede Municipal de Saúde de Dourados ameaçaram ontem fazer uma nova paralisação. O motivo foi a falta de pagamento do valor referente a produtividade, que deveria ser liberado junto com o salário mensal.

Segundo matéria do O Progresso, os auxiliares de enfermagem deveriam receber 70% da produtividade. O percentual foi acordado no final da última greve da categoria, no mês de julho. O presidente da Associação Médica de Dourados, Luís Alexandre Farage, informou que a categoria não quer chegar ao extremo de fazer uma nova paralisação.

Segundo a secretária de saúde de Dourados, Maria de Fátima Metelaro, 90 médicos e auxiliares deixaram de receber a produtividade. “O problema já foi resolvido. Felizmente. Não acreditamos em uma nova paralisação. Foi um equívoco e está resolvido".

 

 

Mídia Max

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro