Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Médicos dizem que número de mortos supera os 200 em Benghazi

21 Fev 2011 - 06h38Por Agência Brasil
Novos episódios de violência contra manifestantes antigoverno em Benghazi, segunda maior cidade da Líbia, foram registrados ontem (20). Testemunhas disseram que a cidade é palco de um “massacre” promovido pelas forças de segurança. Segundo médicos de hospitais locais, mais de 200 pessoas teriam morrido e ao menos 900 ficaram feridos nos últimos dias.

Contudo, a A ONG internacional Human Rights Watch, calcula que tenham sido mortas 173 pessoas desde quarta-feira (16), inicio dos protestos. A própria organização reconheceu que a estimativa é conservadora e que o número total de mortos pode ser bem maior.

 

A restrição à presença de jornalistas estrangeiros e o bloqueio aos serviços de internet nos últimos dias torna difícil a confirmação independente dos números de vítimas.

 

Novas mortes teriam ocorrido hoje, quando manifestantes que participavam de funerais de pessoas mortas na véspera teriam sido alvejados por tiros de metralhadoras e outros armamentos pesados.

 

Uma médica de Benghazi, identificada como Braikah, descreveu a situação na cidade como "um massacre" e relatou para a BBC como as vítimas foram levadas ao Hospital Jala, onde trabalha. “A maioria das vítimas tinha ferimentos a bala – 90% na cabeça, no pescoço e no peito, principalmente no coração”, disse.

 

Segundo ela, o necrotério do hospital tinha 208 corpos ontem, e mais 12 em outro hospital da cidade. Porém não está claro quantos desses corpos são de vítimas da repressão aos protestos populares.

 

Benghazi tem concentrado os protestos contra o regime do coronel Muammar Khadafi, no poder há quase 42 anos.

 

A Líbia é um dos vários países árabes ou muçulmanos a enfrentar protestos pró-democracia desde os levantes populares que levaram à queda do presidente da Tunísia, Zine El Abidine Ben Ali, em janeiro.

Até agora não foram registradas grandes manifestações contra o governo na capital do país, Trípoli.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS
COM DESCONTOS
Veja as opções de pagamento do IPVA com desconto
CASA PRÓPRIA
Casa Verde e Amarela substitui Minha Casa Minha Vida com opção para renegociar dívidas e menos juros
FINALISTA LIBERTADORES
Santos atropela Boca Jr e terá o Palmeiras numa final Brasileira
TRAGÉDIA NA PONTE
Motorista morre após caminhão cair de ponte