Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 2 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Médico atira contra a ex-mulher e depois mata a própria filha

25 Jun 2010 - 08h23Por Terra

O ginecologista Afrânio Maia de Almeida, 33 anos, atirou contra a ex-mulher Luciane Conceição Ferrassoni, 28 anos, depois matou a própria filha de 6 anos, Maria Clara Maia, com um tiro na cabeça e em seguida se suicidou, segundo informou a Polícia Civil.

O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira, em Cuiabá, capital do estado do Mato Grosso, no bairro Ribeirão do Lipa. As investigações trabalham com hipótese de crime passional, pois o casal tinha se separado há pouco tempo.

De acordo com a polícia, Almeida foi à casa da ex-mulher onde atingiu com um tiro a perna dela. Logo em seguida, foi ao quarto da filha e atirou na cabeça da menina, que morreu na hora. Luciane passa bem e está internada no Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

A família do médico ginecologista emitiu um comunicado à imprensa informando que Afrânio Almeida era um filho amoroso, pai carinhoso, irmão atencioso, médico dedicado. Todas as vezes que mencionava a pequena Maria Clara era com orgulho e amor. Não entendemos os motivos que o fizeram crer ser a morte a saída para qualquer problema, diz a nota.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
BOLETIM: Fátima do Sul tem mais 04 casos confirmados, sobe para 69 e tem 12 pacientes recuperados
EPICENTRO DA COVID-19
Brasil aproxima de 30 mil mortes pela Covid-19
MEMORIAL
Os brasileiros que perderam a vida na Pandemia do Coronavírus