Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Medicamentos devem ficar 3% mais caros no dia 31

12 Mar 2007 - 13h00

Os preços dos remédios devem ter um reajuste máximo de 3,02% a partir do dia 31. O índice é definido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) com base no IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

O reajuste é dividido em três categorias, que variam de acordo com a participação dos medicamentos genéricos. Segundo o coordenador do IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), Márcio Nakane, os aumentos serão de 3,02%, 2,01% e 1%.

O grupo de remédios em que os genéricos têm participação de mercado de mais de 20% sofrerá o reajuste máximo, de 3,02%. Aquele em que a participação está entre 15% e 20%, o aumento será de 2,01%. Para o grupo de medicamentos que tem uma participação de genéricos abaixo de 15%, o reajuste será de 1%.

Segundo a Anvisa, cerca de 70% dos medicamentos com reajuste controlado estão no grupo com menor participação dos genéricos e, portanto, terão o menor reajuste.

Segundo o presidente da ABCFarma (Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico), Pedro Zidoi, como o reajuste será aplicado nos remédios vendidos pela indústria, o aumento só deve chegar ao bolso dos consumidores a partir do dia 10 de abril.

No ano passado, os preços dos remédios tiveram um reajuste médio de 3,97% e máximo de 5,51%. A agência regula o preço de mais de 20 mil medicamentos.

 

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Entenda como o Paraguai tem 66 mortes por Covid-19 e o que MS deveria aprender
AUXILIO EMERGENCIAL
Apesar da falta de recursos, governo avalia prorrogar Auxílio Emergencial
OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
VACINA COVID 19
Bolsonaro diz que vacina contra covid deverá estar disponível em dezembro
FALSIFICAÇÃO
Nota falsa de R$ 200 começa a circular
REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo