Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
segunda, 12 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Medalhistas da praia chegam com festa no Brasil

27 Ago 2004 - 08h52
As duplas Ricardo/Emanuel (ouro) e Adriana Behar/Shelda (prata) retornaram hoje de Atenas e foram recebidos com muita festa no Rio de Janeiro. No aeroporto, os atletas participaram de uma entrevista coletiva e, na seqüência, desfilaram em carro aberto do Corpo de Bombeiros.
"Primeiro quero realizar meus sonhos pessoais e matar a saudade da minha família", disse Emanuel, que ao lado de Ricardo conquistou o ouro. "Quero ainda terminar o ano como campeão brasileiro, mas antes o lado emocional vai ser o mais importante", completa Emanuel que vai a Curitiba encontrar o filho e a família antes de voltar para a Paraíba, onde a dupla treina.
"Temos que ter a preocupação para que essa hegemonia do Brasil neste esporte não despareça", disse Adriana, que ao lado de Shelda conquistou a prata. As duas também vão se preocupar agora com o restante das etapas do circuito mundial e do brasileiro de vôlei de praia.
 
Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo