Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 8 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MEC capacita diretores de escolas a partir de outubro

28 Jul 2004 - 15h28

Para responder à necessidade de capacitação de dirigentes escolares, identificada em diagnósticos e pesquisas, e atendendo orientação do ministro Tarso Genro, as Secretarias de Educação Básica (SEB) e de Educação à Distância (SEED) do MEC e o Fundo de Fortalecimento da Escola (Fundescola) lançam, em outubro deste ano, o Programa de Capacitação de Diretores de Escolas.

O programa, que também tem a parceria do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), trará a Brasília, por três dias, 54 diretores – dois por estado –, para a composição de um grupo de trabalho ampliado. O grupo avaliará os conteúdos do programa a ser lançado como piloto em três estados no primeiro semestre do ano que vem. “Planejamos capacitar quatro mil diretores em 2005 e 47 mil em 2006”, disse Lia Scholze, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). “O programa é estratégico dentro de um projeto de país, pois capacitará diretores escolares para um bom gerenciamento institucional. Sendo 2005 o Ano da Educação, estamos certos de que esta iniciativa irá contribuir para a melhoria dos níveis da qualidade do ensino no Brasil”, conclui Lia.

Pesquisa – A preocupação com a qualidade da gestão escolar ocupa cada vez mais espaço na agenda dos pesquisadores do País. O programa de pós-graduação da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (UnB) tem atuado nesse sentido. Em abril, aprovou o projeto de pesquisa e a dissertação de mestrado de autoria da professora Silêda Maria Holanda de Souza Almeida, que tem como título Competências para uma gestão escolar de qualidade: a visão de diretores de Centros de Ensino Médio do DF.

Para uma competente direção escolar, segundo a professora Silêda, o dirigente deve aliar “conhecimento e formação, habilidades práticas, atitude e flexibilidade”. Para a orientadora da pesquisa, professora Eda Castro Lucas de Souza, “os próprios diretores não se sentem capacitados. É preciso valorizar o processo de gestão escolar agregando qualidade ao exercício da direção, promovendo um ambiente escolar apropriado e criando um clima organizacional propício à aprendizagem”.


Deixe seu Comentário

Leia Também

SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem