Menu
SADER_FULL
sábado, 6 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MEC aprova meio milhão de reais para projetos da UFGD

2 Jun 2010 - 17h35Por Fátima News com Assessoria

A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) foi a que mais aprovou projetos no Mato Grosso do Sul pelo Edital nº5 PROEXT 2010 MEC/SESu, para extensão universitária com ênfase na inclusão social. A Universidade teve três programas e seis projetos aprovados que totalizam um recurso de mais de meio milhão de reais (R$ 511.523,30).

Por conta disso, a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFGD parabeniza todos as pessoas envolvidas direta e indiretamente na aprovação das ações. Os programas e projetos são: “A extensão universitária como estratégias e práticas técnicas na comunidade quilombola -Dourados/MS” ; “A Inclusão Digital como a interface entre a academia e a comunidade - Dourados (MS)” ; “Ações de Formação Continuada sobre Fundamentos, Metodologia e Conteúdos do Ensino de Ciências para professores da Educação Básica”; “Avaliação das condições de comercialização e manipulação de alimentos na cidade de Dourados/MS” ; Linha “Geração de Trabalho e Renda em Assentamentos Rurais de Mato Grosso do Sul: estratégias de empoderamento feminino”; “Programa integrado de combate a dengue e tuberculose no município de Dourados”; “Teatro da Terra - Cultura e visibilidade social entre jovens assentados”; “Capacitação e Introdução tecnológica na cadeia da Piscicultura na região de Dourados e Mundo Novo- MS”; e “Processamento e Boas Práticas de fabricação de Produtos Aplicados ao Desenvolvimento Sustentável do Setor Aquícola da Região Sul do Mato Grosso do Sul”.

O edital é nacional e contemplou 415 ações de Instituições de Ensino Superior Federais e Estaduais de todo Brasil. Ele quer aprofundar ações políticas que venham fortalecer a institucionalização da Extensão para, entre vários objetivos: dotar as instituições de melhores condições de gestão de suas atividades acadêmicas de Extensão; contribuir para a implementação de políticas públicas; estimular o desenvolvimento social e o espírito crítico dos estudantes, bem como a atuação profissional pautada na cidadania e na função social da educação superior; e contribuir para a melhoria da qualidade de educação brasileira por meio do contato direto dos estudantes com realidades concretas e da troca de saberes acadêmicos e populares.

Essa é uma iniciativa da União, representada pelo Ministério da Educação, por intermédio da SESu/DIFES, em parceria com os Ministérios da Cultura, da Pesca e Aqüicultura, da Saúde, das Cidades, do Desenvolvimento Agrário, do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, do Trabalho e Emprego e com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso federal com salário de até R$ 6 mil encerra inscrições nesta sexta-feira
100 ANUNCIOS
Covid-19: Bolsonaro ordenou atrasar boletins para não passar em telejornais
AUXILIO EMERGENCIAL
Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude
3º EM NÚMERO DE VÍTIMAS
Com recordes seguidos, Brasil passa dos 34 mil mortos por coronavirus
COVID-19
Micro e pequenas empresas terão acesso a crédito facilitado
VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300