Menu
SADER_FULL
segunda, 24 de fevereiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

MEC aprova meio milhão de reais para projetos da UFGD

2 Jun 2010 - 17h35Por Fátima News com Assessoria

A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) foi a que mais aprovou projetos no Mato Grosso do Sul pelo Edital nº5 PROEXT 2010 MEC/SESu, para extensão universitária com ênfase na inclusão social. A Universidade teve três programas e seis projetos aprovados que totalizam um recurso de mais de meio milhão de reais (R$ 511.523,30).

Por conta disso, a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFGD parabeniza todos as pessoas envolvidas direta e indiretamente na aprovação das ações. Os programas e projetos são: “A extensão universitária como estratégias e práticas técnicas na comunidade quilombola -Dourados/MS” ; “A Inclusão Digital como a interface entre a academia e a comunidade - Dourados (MS)” ; “Ações de Formação Continuada sobre Fundamentos, Metodologia e Conteúdos do Ensino de Ciências para professores da Educação Básica”; “Avaliação das condições de comercialização e manipulação de alimentos na cidade de Dourados/MS” ; Linha “Geração de Trabalho e Renda em Assentamentos Rurais de Mato Grosso do Sul: estratégias de empoderamento feminino”; “Programa integrado de combate a dengue e tuberculose no município de Dourados”; “Teatro da Terra - Cultura e visibilidade social entre jovens assentados”; “Capacitação e Introdução tecnológica na cadeia da Piscicultura na região de Dourados e Mundo Novo- MS”; e “Processamento e Boas Práticas de fabricação de Produtos Aplicados ao Desenvolvimento Sustentável do Setor Aquícola da Região Sul do Mato Grosso do Sul”.

O edital é nacional e contemplou 415 ações de Instituições de Ensino Superior Federais e Estaduais de todo Brasil. Ele quer aprofundar ações políticas que venham fortalecer a institucionalização da Extensão para, entre vários objetivos: dotar as instituições de melhores condições de gestão de suas atividades acadêmicas de Extensão; contribuir para a implementação de políticas públicas; estimular o desenvolvimento social e o espírito crítico dos estudantes, bem como a atuação profissional pautada na cidadania e na função social da educação superior; e contribuir para a melhoria da qualidade de educação brasileira por meio do contato direto dos estudantes com realidades concretas e da troca de saberes acadêmicos e populares.

Essa é uma iniciativa da União, representada pelo Ministério da Educação, por intermédio da SESu/DIFES, em parceria com os Ministérios da Cultura, da Pesca e Aqüicultura, da Saúde, das Cidades, do Desenvolvimento Agrário, do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, do Trabalho e Emprego e com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Mais de 40 concursos oferecem 9.983 vagas e salários de até R$ 33,6 mil
NOVO CASO
Anitta posa com novo affair em camarote da sapucai pouco antes de subir ao palco
100 EXPEDIENTE
Bancos irão fechar na segunda e terça-feira de carnaval
AMOR DE GENRO
Motorista é flagrado levando a sogra no porta-malas
FATALIDADE
Motorista morre após carro sair da pista e ficar submerso em rio
BARBÁRIE
Adolescente de 17 anos é morta a facadas e tem cabeça levada até casa da mãe
CARNAVAL E TURISMO
Carnaval: Veja 6 destinos para descansar e contemplar as belezas de MS
VICENTINA - RAÇA NEGRA TÁ VINDO
Em noite de Feira Livre, prefeito surpreende e anuncia Raça Negra para o aniversário de Vicentina
TURISMO NO MS
Descubra a beleza das praias de água doce para curtir o Carnaval em MS
CARNAVAL 2020
Por WhatsApp, Witzel convida Bolsonaro para assistir a desfiles do carnaval no seu camarote