Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
Brasil

Máxima de Dourados abriga 25 detentos indígenas

6 Jul 2004 - 14h17
 

A maioria dos 25 detentos índios  que cumprem pena na PHAC (Penitenciária Harry Amorin Costa)  foi condenada por prática  de crimes  hediondos, como estupro e atentado violento ao pudor e, em menor número, de crimes comuns como homicídios e roubos. A dificuldade de compreensão da língua portuguesa e a excessiva formalidade do judiciário, aliados à falta de acompanhamento processual, como fatores que prejudicam os índios nas questões que chegam aos tribunais.

As dificuldades começam e são maiores, segundo levantamento feito para a Secretaria Geral da Presidência da República junto a órgãos públicos, instituições e aldeias da região, durante as audiências de instrução dos processos judiciais. ‘’Na grande maioria das vezes o indígena, assustado por regras como ‘’O senhor pode ser preso por falso testemunho se faltar com a verdade’’, fica quieto durante toda a audiência’’, afirma o documento.

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19