Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 28 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Mato Grosso do Sul tem Plano de recursos Hídricos para até 2015

15 Jan 2010 - 09h58Por Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

O Plano Estadual de Recursos Hídrico (PERH), que prevê a gestão dos recursos hídricos para os próximos 5 anos em Mato Grosso do Sul, foi aprovado em novembro de 2009, pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos, e agora está em fase de impressão gráfica.
 
O Plano foi lançado oficialmente no dia 22 de novembro, pelo governador André Puccinelli, durante o 18º Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, realizado em Campo Grande.

Cópias digitais do PERH foram disponibilizadas aos interessados no estande do Governo do Estado, que foi montado durante o Simpósio.

Ao todo foram dois anos de trabalho para elaborar o plano, que contempla o diagnóstico da situação dos recursos hídricos do Estado, apresenta o prognóstico para os próximos anos e traz os programas a serem desenvolvidos em âmbito estadual, compreendidos como ações preventivas nas áreas de desenvolvimento e fortalecimento institucional, planejamento e gestão e conservação do solo, água e ecossistemas. Estas ações, reunidas em 16 programas, serão executadas nos próximos cinco anos.

O PERH foi elaborado pela Secretaria de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (SEMAC) em conjunto com o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasu) e contou com o apoio financeiro e técnico da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano (SRHU) do Ministério do Meio Ambiente (MMA).


Participaram do PERH representantes de instituições de ensino e pesquisa, representantes de serviços de água e esgoto, indústrias, pescadores, navegação, turismo, justiça, municípios, consórcios e comitês de bacias hidrográficas, além de organizações da sociedade civil e representantes da Organização dos Estados Americanos (OEA).

O PERH abrange o uso de águas superficiais e subterrâneas, elencando aspectos positivos e as principais dificuldades.

Durante a sua elaboração, um dos problemas identificados foi a dinâmica de uso e a qualidade da água. Situações como a rede de esgoto e o descarte de produtos nos ecossistemas precisam ser reavaliados no Estado.

Sobre a quantidade de recursos hídricos, o Estado está localizado sobre o Aquífero Guarani, um gigantesco repositório subterrâneo de água potável, que também foi tema de estudo e de discussão durante a elaboração do PERH.

Leia Também

PICTURE SEO E SEUS BENEFÍCIOS
Os benefícios de SEO para comércio eletrônico
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe entra na sala de casa e flagra filha de 13 anos fazendo sexo oral no padrasto bombeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
O chamado de Abraão
CARRO DESGOVERNADO
Aluno de 13 anos é atropelado e prensado contra muro de colégio por carro desgovernado
SOB INVESTIGAÇÃO
Amigos saem para pescar e encontram cadáver boiando em rio
DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio