Menu
SADER_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Material escolar: pais não devem aceitar itens abusivos

13 Jan 2010 - 15h57Por Dourados Informa

Com a proximidade do início do ano letivo, torna-se inevitável a corrida pelo menor preço e melhores condições de pagamento para a lista de material escolar, emitida pelas escolas de Dourados.

O douradosinforma divulgou ontem (12), uma matéria constatando que alguns pais acabam deixando de comprar itens solicitados na lista por acharem abusivos e consequentemente diminuindo assim o valor pago pelos materiais.

Todas as escolas de Dourados, tanto públicas como privadas já divulgaram as listas. Os valores variam de R$ 60 à R$ 130 de acordo com cada instituição de ensino.

De acordo com Rozemar Matos, diretor do Procon de Dourados, os pais não são obrigados a levar para a escola itens considerados excessivos. “Os pais devem ficar atentos aos produtos pedidos pelas escolas e caso achem que existem materiais supérfluos, devem entrar em contato com a instituição de ensino (...) se o problema não for solucionado o Procon deve ser acionado”.

“As escolas que divulgaram listas com produtos abusivos, todas foram notificadas a adequar imediatamente as listas sob pena de sofrer sanção” reiterou Matos.

Itens abusivos, segundo o diretor do Procon, são sabonete, pasta de dente e o giz, entre outros. “Isso é obrigação da escola (...)”. O Procon mantém uma equipe de plantão em janeiro.

Leia Também

ALARMANTE
Brasil bate recorde de casos diários de covid-19 com 204,8 mil
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab ainda tem 916 vagas para indígenas trabalharem nas lavouras de maçãs em SC e RS
BAIXA RENDA
Auxílio Gás: governo libera o pagamento no valor de R$ 52
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem um aumento e registra 351 mortes em 24 horas
OMICRON
Brasil dobra contágio nas 24h e registra 74,1 mil novos casos de covid-19 e 121 mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Carne e Sangue como nós
ABUSO SEXUAL
Meninas escutam mãe contando de abuso sexual e fazem relato chocante sobre tio-avô
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia