Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
quarta, 14 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Marido agride mulher e é morto por cão em SP

28 Set 2004 - 09h54
Um homem tentou agredir sua mulher e acabou morto por um cachorro da raça Rottweiler em São Paulo. Renato Danesi Neto, de 55 anos, foi atacado pelo seu cão de guarda no bairro Jardim Aricanduva, zona leste da capital.

De acordo com a Rádio CBN, chegou em sua casa por volta das 3 horas e começou a discutir com sua mulher Valéria Bernadete Danesi, de 51 anos. A Polícia Militar, que investiga o caso, informou que ambos eram alcoólatras.

Renato passou a agredir Valéria. O Rottweiler do casal partiu em defesa da mulher. Neto foi encontrado morto no banheiro. A filha do casal, Renata Adriana Danesi, declarou aos policiais que sempre que o pai agredia sua mãe, o cachorro a defendia. O Rottweiler foi encaminhado ao Centro de Controle de Zoonoses.
 

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore