Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Marcola ataca Alckmin em CPI das Armas

24 Jul 2006 - 10h45
O chefe do Primeiro Comando da Capital (PCC), Marcos Camacho, o Marcola, não se intimidou no depoimento sigiloso que pretou a deputados da CPI das Armas, no dia 8 de junho, em Presidente Bernardes. Marcola citou o cadidato do PSBD à Presidência, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, de forma hostil e agressiva.

De acordo com O Estado de S.Paulo, o líder do PCC acusou o ex-secretário da Administração Peniteciária Nagashi Furukawa de tentar "promover o Alckmin", quando Furukawa decidiu transferir os principais líderes da facção para a Penitenciária 2 de Presidente Venceslau. Marcos Camacho classificou a decisão como "uma forma de dar resposta à sociedade. A medida levou à onda de ataques do PCC em São Paulo, em maio.

A declaração de Marcola veio como resposta à indagação do relator da CPI, Paulo Pimenta (PT-RS), se a intenção de Nagashi era dar uma demosntração de força. "Para promover o Alckmin", disse o líder da facção. E emendou que "o tiro saiu pela culatra".

Marcos Camacho também repetiu por várias vezes que a cúpula paulista atribui a ele mais importância do que realmente tem dentro do PCC, para valorizar o fato de que o líder está preso. "Se eu fosse político, eu ia arrumar um Marcola também", disse. "Está tudo errado, a segurança pública... está um caos, a culpa é do Marcola, não é do Alckmin. Nunca. Infelizmente", completou.

Marcola também lembrou o episódio conhecido como Operação Castelinho, em que 12 supostos integrantes do PCC foram mortos pela Polícia Militar, em março de 2002. "Quem ganhou a eleição foi o Alckmin. Ele ganhou em cima de 11 (na verdade, foram 12) assassinatos. Ele é muito mais criminoso que eu, porque eu nunca mandei matar 11 pessoas", afirmou.

O único político citado pelo criminoso, Alckmin, por meio de sua assessoria, preferiu não comentar as declarações do líder do PCC.

 

 

Terra

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro