Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Mais de 4 mil pessoas participam do evento com Lula na UFGD

25 Ago 2010 - 15h48Por Assessoria

A cerimônia de inauguração das novas instalações da Unidade II da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) nesta terça-feira (24) com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva contou com a participação de mais de 4 mil pessoas da comunidade em geral, alunos, professores técnicos e representas te entidades da sociedade civil organizada.

Entre as autoridades estavam os ministros de Relações Institucionais, Alexandre Padilha; das Cidades, Márcio Fortes; dos Transportes, Paulo Sergio Passos; e da Educação, Fernando Haddad; o reitor da UFGD, Damião Duque de Farias; o reitor da UEMS, Gilberto Arruda; o senador Valter Pereira; o prefeito e vice-prefeito de Dourados, Ari Artuzi e Carlos Assis Bernardes; o coordenador do Sindicato dos Servidores Técnicos-Administrativos da UFGD, Gilberto Dourado Braga; o coordenador da Associação de Docentes da UFGD, Amilton Luiz Novaes; o bispo Redovino Rizzardo; o coordenador do DCE (Diretório Central de Estudantes) da UFGD, Guilherme Ribeiro Martins dos Santos; e os pró-reitores da UFGD, Rita de Cassia Pacheco Limberti, Silvana de Abreu, Sidnei Azevedo de Souza e Cláudio Alves de Vasconcelos.

Para a estudante de Engenharia de Alimentos da UFGD, Ana Luisa Lages Belchior, que chegou cedo e estava sentada pertinho do palco, na terceira fileira, a vinda do presidente “é um sinal do reconhecimento e importância que ele dá para a Educação Superior e para a UFGD”.

A universidade foi criada em 29 de julho de 2005, como parte da política de expansão e interiorização das instituições de ensino superior federais. Essa interiorização democratiza o acesso dos estudantes que não moram nas capitais às universidades.

Ana Luisa está no segundo semestre do curso e destaca que veio de Três Lagoas para estudar Dourados por causa da estrutura e qualidade da UFGD, e por isso representa um fluxo de estudantes que vem de fora e colaboraram para movimentar a economia da cidade.

A servidora da UFGD, Vicência Deusdete Gomes dos Santos, também estava próxima ao palco e na hora de falar sobre a importância desse evento com o presidente, lembrou a valorização que os técnicos-administrativos receberam nos últimos anos, com plano de carreira que incentiva o estudo e a qualificação. “O servidor público voltou a ser valorizado e a ter esperança”, disse.

Além de criar a UFGD, o Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, desenvolveu outro programa que beneficiou a instituição em Dourados: o REUNI – Plano de Apoio e Reestruturação e Expansão do Ensino Superior.

Foi por meio do REUNI que a UFGD implantou 16 novos cursos (sete em 2007 e nove em 2009), como o de Engenharia de Alimentos, da Ana Luisa, e o de Engenharia Agrícola, coordenado Guilherme Augusto Biscaro. O professor estava na solenidade hoje e contou que como participante da criação do curso percebeu o grande avanço pela qual a UFGD passou. “Vejo que tem muito o que comemorar, tanto em obras quanto em pessoas, com contratação de novos professores e técnicos”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada