Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
RODOVIAS

Mais de 25% das estradas do país são ruins ou péssimas, aponta CNT

15 Set 2010 - 05h37Por Folha Online

Apenas 14,7% das rodovias brasileiras estão em ótimo estado, aponta pesquisa CNT de Rodovias 2010, estudo feito de 3 de maio a 8 de junho pela Confederação Nacional do Transporte e divulgado nesta terça-feira.

De acordo com a pesquisa, que avaliou 91 mil quilômetros de estradas, tanto da rede federal pavimentada como as principais vias estaduais, 26,5% das rodovias são consideradas boas, 33,4% avaliadas como regulares, 17,4% estão ruins e 8%, péssimas.

As estradas concedidas à iniciativa privada, um total de 14,2 mil quilômetros, tiveram uma avaliação muito superior: 54,7% foram consideradas ótimas, 32,6%, boas, 11,3%, regulares. Foram avaliadas como ruins e péssimas 1,3% e 0,1%, respectivamente.

Das estradas públicas, apenas 7,1% foram avaliadas como ótimas, 25,3% como boas, 37,6%, regulares. A pesquisa apontou 20,5% das estradas públicas como ruins e 9,5% como péssimas.

REGIÕES

A região Sudeste tem os melhores índices: 3,5% de estradas péssimas e 26,7% de estradas consideradas ótimas. A melhor rodovia indicada pelo estudo fica no Estado de São Paulo: o trecho SP-255, SP-280/BR-374, que liga as cidades de São Paulo a Itaí e Espírito Santo do Turvo.

A região Norte tem o pior desempenho no país, com 22% de sua malha rodoviária considerada péssima e 32,8%, ruim, seguida da região Nordeste, com 10,8% de suas pistas classificadas como péssimas. A pior estrada liga Curvelo (MG) a Ibotirama (BA).

Os indicadores mostram uma pequena melhora em relação ao estudo 2009. Na avaliação passada, 13,5% das rodovias foram consideradas ótimas, 17,5%, boas e 45% regulares. Na época, 16,9% das estradas foram consideradas ruins e 7,1%, péssimas.

A pesquisa leva em conta três características: sinalização, qualidade do pavimento e geometria da via, que inclui elementos como acostamento e condicões de pontes e viadutos. No intervalo de um ano, o estado do pavimento foi de todos os três fatores o que melhor evoluiu. De acordo com a CNT, de 2007 a agosto de 2010, foram investidos R$ 27,71 bilhões em infraestrutura de transportes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada