Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
Brasil

Mais de 100 mil bolsas serão concedidas para o PET-Saúde

17 Fev 2010 - 13h34Por Ministério da Saúde
O Ministério da Saúde aprovou a concessão de 104.652 bolsas para o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde 2010/1011). O resultado da seleção dos projetos foi divulgado no dia 8 de fevereiro.

A iniciativa concede bolsas a estudantes, docentes e profissionais da saúde para incentivar o aprendizado e a prática profissional nos serviços do SUS, além de estimular a produção de pesquisas em temas relevantes para a saúde do brasileiro.

Foram aprovados 111 propostas de instituições de ensino e secretarias estaduais e municipais de saúde de todas as regiões do país. O investimento será de R$ 55 milhões entre abril de 2010 e março de 2011.
 
No total, foram apresentadas 128 propostas. As instituições foram selecionadas por meio do Edital de nº 18/2009, que permitiu apresentação de projetos em 14 cursos de graduação da área da saúde, entre eles, Medicina, Enfermagem, Farmácia, Odontologia e Psicologia.

As instituições selecionadas coordenam as atividades dos estudantes, que são acompanhados por professores (tutores acadêmicos) e por profissionais (preceptores) do Programa Saúde da Família.

 Os preceptores e tutores acadêmicos recebem uma bolsa mensal de R$ 1.045,89 e os estudantes, de R$ 300,00. As bolsas são equiparadas aos valores pagos pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

As atividades do PET-Saúde são realizadas nas unidades do programa Saúde da Família. Além da prática profissional, os grupos PET-Saúde desenvolvem pesquisas em temas prioritários como Saúde da Família, Saúde da Criança, Saúde do Idoso, Saúde Bucal, Alimentação e Nutrição, Sistemas de Informação e Doenças Negligenciadas.

No conjunto dos projetos selecionados serão formados 459 grupos PET-Saúde. Cada grupo é integrado por um tutor acadêmico, seis preceptores e 30 estudantes.

A Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde entrará em contato com os coordenadores dos projetos para orientar sobre o cadastramento dos participantes no programa e início das atividades.

PET-Saúde
Inspirado no Programa de Educação Tutorial – PET do Ministério da Educação, o PET-Saúde foi criado em 2008 como uma das ações para fortalecer a atenção básica em saúde, de acordo com os princípios e as necessidades do SUS.

A educação pelo trabalho, o conceito-chave do projeto, é uma das estratégias do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde, o PRÓ-SAÚDE, em implementação no país desde 2005.

Entre abril e dezembro de 2009, o Ministério da Saúde concedeu 51.567 bolsas PET-Saúde, um investimento de R$ 29,5 milhões.

Foram selecionados 84 projetos, totalizando 306 grupos que implementam atividades educativas e pesquisas em aproximadamente 820 unidades do Programa Saúde da Família no país.

O início do pagamento das bolsas PET-Saúde, em 2009, representou uma inovação para o Ministério da Saúde. É a primeira vez que o Ministério estabelece um mecanismo para pagamento direto de bolsas.

Até então, os instrumentos disponíveis para repasse eram restritos aos convênios, aos termos de cooperação com instituições ou repasses financeiros do Fundo Nacional de Saúde para os Fundos Estaduais ou Municipais de Saúde, vinculados às Secretarias de Saúde.

O PET-Saúde tem como fio condutor a integração ensino, serviço e comunidade e é uma parceria entre as secretarias de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) e de Atenção à Saúde (SAS), do Ministério da Saúde, e a Secretaria de Educação Superior (Sesu), do Ministério da Educação.

Ao longo de 2009, o programa foi tema de trabalhos apresentados em diversos congressos no País, como por exemplo, o IX Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva – Abrasco 2009, o 47º Congresso Brasileiro de Educação Médica – Cobem 2009, e o 61º Congresso Brasileiro de Enfermagem.

Várias atividades foram desenvolvidas pelos grupos, como as ações de enfrentamento da gripe H1N1 pelo PET-Saúde da Universidade Federal de Ouro Preto e SMS de Mariana e Ouro Preto (MG). Confira essas e outras atividades realizadas no endereço eletrônico www.saude.gov.br/sgtes/petsaude.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América