Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Madrasta grávida é suspeita de torturar enteados no Pará

18 Mai 2011 - 08h58Por R7

Uma madrasta grávida é suspeita de torturar os enteados na Ilha de Jutuba, em Belém, no Pará.

A mulher teria queimado as mãos do menino mais novo com uma colher quente. Ela nega as agressões.

A agressão foi descoberta na escola por um professor que desconfiou de um desenho e questionou o menino de seis anos.

Por meio do desenho, ele contou que a mulher que estava queimando as suas mãos era a madrasta.

Segundo a mulher, a convivência com as crianças é difícil, já que eles têm problemas na escola e não a obedecem.

As crianças foram levadas pelo Conselho Tutelar, que não acredita na inocência da madrasta.

Um levantamento da Secretaria de Saúde de Belém aponta que no ano passado foram registrados 25 casos de maus-tratos por dia só na capital.

O número pode ser bem maior já que nas ilhas a falta de comunicação dificulta o registro de denúncias. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS