Menu
SADER_FULL
sexta, 3 de abril de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
MEDICAL CENTER - POLONIO
Brasil

Lula estuda pacote para salvar clubes endividados

29 Jun 2004 - 15h54
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer evitar que clubes tradicionais fechem as portas por causa das dívidas. Um programa de ajuda financeira do governo foi discutido nesta terça-feira em uma reunião com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e o ministro do Esporte, Agnelo Queiroz.

"Ele citou alguns clubes que não podem, de maneira nenhuma, pela história que têm, desaparecer do contexto do futebol brasileiro. Obviamente citou o dele, o Corinthians, e eu citei o meu, que é o Flamengo", explicou Teixeira.

O Flamengo, por exemplo, deve aproximadamente R$ 200 milhões. "Eles arrecadam menos do que gastam porque têm dívida anterior grande. Eu tenho certeza de que, quando se equacionar a dívida dos clubes, eles passarão a ter lucro", completou o presidente da CBF.

O Ministério do Esporte estuda um pacote de medidas para socorrer os clubes. Uma delas é estimular a implantação do Clube Formador de Atleta. O objetivo da proposta é garantir mecanismos para que o time responsável pela formação do jogador consiga manter o atleta no clube. Em caso de venda, parte do dinheiro negociado iria para o time formador.

Outra proposta é a de criar uma legislação trabalhista específica para jogadores de futebol. Um projeto de lei está em análise no ministério. Agnelo Queiroz explica que a relação entre um jogador e o clube não pode ser considerada a mesma daquela estabelecida entre as empresas e funcionários.

A terceira medida é a renegociação das dívidas dos clubes por meio da criação de uma loteria da Caixa Econômica Federal com símbolos dos times. Parte do dinheiro arrecadado com a venda dos bilhetes da Timemania seria destinada ao pagamento do saldo devedor dos clubes. A maior parte das dívidas é com a Previdência Social, INSS e Receita Federal, além dos pagamentos de ações trabalhistas. De acordo com o ministro do Esporte, a idéia é implantar a nova loteria no segundo semestre.

Copa

Segundo Texeira, o Brasil tem condições de realizar uma Copa do Mundo de 2014. "O presidente colocou toda a estrutura do governo para que o país tenha a possibilidade de fazer essa Copa. Eu tenho certeza absoluta que tem", disse.

A Fifa já definiu que a Copa de 2014 será realizada em um país da América do Sul. O Brasil tem até dezembro de 2006 para apresentar sua candidatura. A decisão oficial sai em 2008. "Nós teremos pelo menos seis anos para fazer as obras", completou.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

332 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 3 de abril
TODOS CONTRA CORONAVÍRUS
Grupo Boticário doa 216 ton. de itens de higiene e anuncia apoio à compra equipamentos hospitalares
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Mandetta responde críticas de Bolsonaro: 'quem tem mandato fala, quem não tem, trabalha'
252 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 2 de abril
ASSASSINATO
Menina de 13 anos que estava desaparecida é encontrada morta com sinais de espancamento
DOURADOS - POLONIO IMÓVEIS
Polonio Imóveis informa em como pedir a pausa de 3 parcelas no financiamento imobiliário da Caixa
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Farmácias abrem mais de 2 mil vagas de emprego; salários chegam a R$ 7.500
BRASIL 2019
Relembre os principais momentos esportivos do Brasil em 2019
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo abre inscrições para contratar 751 profissionais de saúde em MT
BRASIL - 175 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 31 de março