Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Lula e parlamentares discutem novo valor do salário mínimo

13 Dez 2004 - 13h23
O novo valor do salário mínimo deve centralizar as discussões da agenda política desta semana. De acordo com o vice-presidente do Congresso Nacional, senador Paulo Paim (PT-RS), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva participará na quarta-feira (15) de um jantar para discutir o novo valor do mínimo e a correção da tabela de imposto de renda com os senadores do PT. O encontro deve acontecer na casa do senador Aloízio Mercadante (PT-SP).

"Esses dois assuntos vão ser os temas do debate com o presidente, com o diálogo que vamos ter na quarta-feira", explica o senador que é um dos principais interlocutores no Congresso nas negociações sobre o novo valor do mínimo. Nesta terça-feira (14), a bancada governista vai se reunir para discutir o assunto.

As discussões acontecem na semana em que cerca de dois mil trabalhadores são esperados em Brasília para a Marcha por um Salário Mínimo Digno. A marcha organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) deve chegar a Brasília na quarta-feira. Os trabalhadores farão um ato público na Esplanada dos Ministérios reivindicando um reajuste para R$ 300 em janeiro.

A centrais sindicais também devem se reunir na quarta-feira para tratar da questão. Paulo Paim diz que, em conversas que tem mantido no Congresso, há unanimidade de que o valor do mínimo deve ultrapassar R$ 300. "Todos são unânimes de que o salário mínimo este ano devia ultrapassar a barreira dos R$ 300. Esperamos que ele aconteça. Se for R$ 300 em janeiro, eu acho que é uma boa pedida. Se for em 1º de maio, que ele ultrapasse a barreira R$ 300. Sei que o presidente está sensível a esse debate", ponderou.

No sábado, o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, declarou que a proposta do governo é de um reajuste para R$ 300 a vigorar a partir de maio de 2005, ou de R$ 290, a partir de janeiro. Atualmente o valor do salário mínimo é de R$ 260.

O relator do orçamento, senador Romero Jucá (PMDB-RR), por sua vez, diz que qualquer valor maior do que o previsto no orçamento - que é de R$ 283 - deve ser estudado com cautela. Segundo ele, grande parte dos prefeitos é contra um reajuste maior devido às dificuldades de pagar as contas dos municípios. Romero Jucá declarou que também deve se reunir nesta semana com o presidente Lula para tratar do reajuste.

Nesta segunda-feira (13), o presidente Lula participa de reunião com os ministros da coordenação política para definir o novo valor do salário mínimo.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho