Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 4 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Lula critica juros dos cartões de crédito

6 Jul 2004 - 17h44
Ao participar de solenidade na sede da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) para a comemoração do Dia Internacional do Cooperativismo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reclamou dos altos juros cobrados dos cartões de crédito e disse que as pessoas deveriam evitar esse tipo de instrumento de crédito porque assim talvez os juros caíssem. Lula fez o comentário ao falar da importância de criar mais cooperativas de crédito, nas quais o trabalhador pode obter dinheiro pagando juros menores. - Eu não entendo, não compreeendo como uma pessoa vai no banco com um cartão de crédito para sacar dinheiro e pagar 12% de juros ao mês. Para mim, nem deveriam ir, se não fossem, acabariam com isso - afirmou. O presidente disse ainda que a criação das cooperativas é um sonho antigo dele e que vai fazer o que for necessário para estimular esse tipo de organização.
 
 
Corumbá Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVENÇÃO COVID 19
Giovanna Antonelli viraliza ao mostrar truque para evitar contaminação
FEMINICÍDIO
Marido é preso após matar mulher asfixiada e na fuga causa acidente de carro e deixa 08 feridos
BORA PRA BONITO - MS - REABERTO
Hotel Águas de Bonito reabre com segurança e estrutura proporcionada para o aconchego em Bonito (MS)
BRASIL - 62.045 MORTES
Brasil passa de 62 mil mortes pelo novo coronavírus
COISA MEDONHA
Homem quebra túmulo e é visto dançando com o corpo da avó
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Exército abre seleção com vagas temporárias para MS e salários de até R$ 7,5 mil
FÁTIMA DO SUL - NOSSOS ANJOS DA GUARDA
Guerreiros de Fátima do Sul fazem semana de prevenção contra incêndio, hoje é dia do BOMBEIRO
BRASIL 60 MIL MORTES
Brasil tem 1.456.969 casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos da imprensa em boletim das 8h
ELEIÇÕES 2020
Câmara dos Deputados aprova em primeiro turno adiamento das eleições municipais de 2020
100 INTERMEDIÁRIO
Venda direta de etanol das usinas para postos pode aumentar concorrência, diz Bolsonaro