Menu
SADER_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Lula anunciará novo salário mínimo até quarta

13 Dez 2004 - 14h20
O presidente Lula adiou para até quarta-feira o anúncio do novo valor do salário mínimo. Depois de se reunir com os ministros da coordenação política para analisar as possibilidades de reajuste do novo valor do salário mínimo e também a correção da tabela do imposto de renda, o presidente ainda não chegou a uma conclusão. O deputado Professor Luizinho (PT-SP), líder do governo na Câmara, disse que o presidente quer refletir um pouco mais sobre o assunto.

Luizinho afirmou que o governo ainda não decidiu sobre quando será feito o reajuste, se em janeiro ou no mês tradicional, maio. O deputado afirmou que independente de qualquer coisa o Planalto se programa para efetuar o maior aumento real do salário mínimo nas últimas duas décadas.

Para fechar a conta do reajuste, o petista disse que é preciso levar em conta os cálculos sobre o que é melhor para o trabalhador ao longo do ano e o impacto nas contas de prefeituras e governos estaduais.

Na próxima quarta-feira, Lula deve se reunir com representantes de centrais sindciais para discutir o assunto.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho