Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 14 de junho de 2021
Busca
Brasil

Lombadas eletrônicas já estão funcionando em Dourados

4 Nov 2009 - 10h36Por Diário MS
Motoristas e motociclistas de Dourados já estão sendo surpreendidos com a religação das lombadas eletrônicas em vários pontos da cidade. Desde a semana passada, diversos equipamentos já estão funcionando, o que tem deixado os motoristas em alerta. Por enquanto, os equipamentos só marcam a velocidade do veículo, mas ainda não geram multas. Isto deve acontecer nos próximos dias, depois que os motoristas estiverem mais habituados ao novo sistema. Segundo a Prefeitura, a novidade está na ampliação no número de equipamentos, que passou de 28 para 43 lombadas eletrônicas espalhadas pelas principais vias de fluxo da cidade.
Em vários pontos, as lombadas já estão funcionando desde a semana passada – como, por exemplo, na rua Coronel Ponciano, em frente ao Estádio Douradão e na avenida Marcelino Pires, em frente à rodoviária. Ontem, o secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Cláudio Marcelo Hall, disse em entrevista à rádio Grande FM que o prazo para início do funcionamento das lombadas ainda é indefinido.
Segundo ele, depois de concluídas as instalações dos equipamentos de fiscalização, haverá uma intensa divulgação quanto ao funcionamento das lombadas por pelo menos 30 dias. Ele esclarece que, mesmo funcionando, as lombadas ainda não geram multas, mas devem ser respeitadas da mesma maneira. “Já é uma forma de se acostumar para não haver surpresas quando iniciar efetivamente a fiscalização”, argumentou.
Segundo o secretário, a novidade é a ampliação no número de lombadas e a readequação do local para instalação dos equipamentos. Na avenida Marcelino Pires, por exemplo, em frente ao antigo colégio Objetivo, a lombada eletrônica foi retirada, já que a escola não funciona mais no local. Segundo a Semsur, serão priorizados pontos com grande fluxo de veículos, como escolas e hospitais.
“Dourados cresceu muito e se tornou necessária a implantação de mais lombadas, até mesmo nos bairros, tendo em vista que a lombadas convencionais (quebra molas) são proibidas por lei”, disse Hall. Entre os novos pontos que ganharão lombadas eletrônicas está o acesso à Cidade Universitária, na avenida Guaicurus, palco de vários acidentes com vítimas fatais.

VELOCIDADE

Ontem, o Diário MS percorreu alguns pontos onde as lombadas já estão funcionando e verificou que alguns motoristas ainda não se habituaram aos redutores de velocidade. A ultrapassagem da velocidade máxima permitida (geralmente, de 30 km/h) é comum principalmente nas motocicletas, que não eram flagradas pelos equipamentos mais antigos.
Entre os motociclistas, a novidade gerou muita reclamação. O frentista Paulo Ernesto Rodrigues, 22, opina que a reativação das lombadas eletrônicas é somente uma “indústria de multas”, porque atinge somente o bolso do motorista. “Um quebra-molas tem muito mais eficácia, porque estraga o veículo e todo mundo acaba respeitando”, reclamou.
O entregador de pizzas Gecel Carolino da Silva, 20, também não concorda com os novos redutores de velocidade. “As pessoas vão continuar passando em alta velocidade, principalmente durante a madrugada; a diferença é que serão multadas por isto”, afirma.
O office-boy Denis Rodrigo, 19, também não gostou da reativação das lombadas. “Passo pelas lombadas umas 50 vezes por dia. Se não tomar muito cuidado, vou ser multado várias vezes”, disse ele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta