Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
DOURADOS

Lombadas começam emitir multas no sábado

28 Dez 2009 - 05h28Por Diário MS
A partir deste sábado, 2 de janeiro, as lombadas eletrônicas instaladas em Dourados iniciam a emissão de multas a condutores que ultrapassarem a velocidade máxima permitida. Os redutores de velocidade foram instalados em novembro, mas o prazo foi ‘alargado’ por decisão do governador André Puccinelli (PMDB). Desde o início do mês alguns equipamentos já vinham emitindo notificações, mas os condutores reclamaram que não foram avisados com antecedência. Em Dourados, são em torno de 40 equipamentos instalados em vários pontos da cidade.
Até sexta-feira, 1º de janeiro de 2010, os redutores de velocidade continuam funcionando em caráter educativo. No entanto, até ontem à tarde, vários equipamentos ainda estavam desativados, sem registrar a velocidade dos veículos – situação verificada em vários pontos, como na rua Hayel Bon Faker e na avenida Guaicurus. A partir de sábado, os condutores devem ficar atentos e respeitar o limite máximo de velocidade imposto pelos equipamentos. Na área urbana, a velocidade máxima permitida pelas lombadas é de 30 ou 40 quilômetros por hora e a multa é calculada de acordo com o percentual em que a velocidade máxima permitida foi ultrapassada.
Além da punição administrativa, ultrapassar a velocidade imposta pelos redutores de velocidade também gera infrações que variam de grave (5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação) a gravíssima (7 pontos). Os redutores de velocidade em Dourados e várias regiões de Mato Grosso do Sul ficaram desativados por pelo menos cinco anos. Este ano, após solução de problemas jurídicos envolvendo o processo licitatório, o governo do Estado determinou a reativação dos equipamentos em todo o Estado – sempre dependendo, apenas, da anuência dos prefeitos.
Em Dourados, a instalação das lombadas começou em novembro, com readequação e substituição dos equipamentos antigos. Mais modernas, as novas lombadas eletrônicas também flagram motocicletas e têm como principal objetivo tornar o trânsito mais seguro a partir da redução da velocidade dos veículos.
“O objetivo é a redução de acidentes, é salvar vidas”, destaca Carlos Henrique Santos Pereira, diretor-presidente do Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito). A definição dos pontos para colocação dos equipamentos foi feita com base em estudos de ocorrências. “São locais de conflito, e as lombadas têm o objetivo de disciplinar o trânsito”, completa. Os equipamentos estão sinalizados, com informações claras aos condutores sobre o limite máximo permitido de velocidade, visando o tráfego seguro. A partir do dia 2 de janeiro, começarão a ser aplicadas multas aos infratores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado