Menu
SADER_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Ligações interurbanas entre telefones fixos caem 2,52%

18 Jul 2006 - 08h21
As tarifas de ligações interurbanas entre telefones fixos ficarão 2,52% em média mais baratas entre quinta e sexta-feira. A primeira redução nos valores desse tipo de serviço desde a privatização foi confirmada oficialmente hoje pela Anatel, e deverá ser publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira.

No caso das ligações internacionais (DDI), as tarifas da Embratel, única operadora que presta esse serviço por meio de concessão, cairão 9,97%.

As novas tarifas começarão a valer a partir de quinta-feira no caso da Telemar, que publicará anúncio nos jornais com os novos valores junto com a Anatel, nesta terça. A Brasil Telecom irá aguardar a publicação da decisão da agência no DOU para depois informar os consumidores sobre os novos valores. Já a assessoria de imprensa da Telefônica não soube informar se os novos valores serão publicados amanhã. Pela regra contratual, as empresas precisam dar publicidade aos novos valores, por meio de anúncios em jornais 48h antes da sua vigência.

Os índices de redução nas tarifas DDD serão diferenciados por empresa: -2,73% para a Telefônica, - 2,86% para a Telemar, - 2,77% para a Brasil Telecom, - 2,75% para a CTBC Telecom e - 2,73% para a Sercomtel.

A redução das tarifas da Embratel será menor, de - 1,29%, em média, pois a empresa não aplicou o reajuste positivo de 2,94% autorizado no ano passado, o que foi compensado neste ano.

Entretanto, como há concorrência nesse mercado, muitas empresas já oferecem aos usuários tarifas mais baixas que esse teto definido pela Anatel, por meio de planos alternativos de serviços.

Apesar da definição de um índice médio negativo, algumas tarifas poderão ser aumentadas ou não ser alteradas. Isso porque o contrato de concessão das empresas permite a aplicação de um mecanismo chamado excursor, que autoriza o reajuste diferenciado por tipo de serviço (dependendo da distância e horário), desde que seja mantida a média. No caso das chamadas DDD, os índices serão diferenciados de acordo com a distância e o horário da ligação.

Com esse recurso, algumas tarifas poderão ficar até 60,44% mais baratas, enquanto outras sofrerão um aumento de até 5,65%.

No caso da Telefônica, na capitaL paulista, as tarifas não serão alteradas nos horários de maior tráfego (de 9h às 12h e de 14h às 18h), em qualquer distância, mas também não haverá aumento de tarifas.

A maior redução nas tarifas da empresa (- 54,90%) ocorrerá nas ligações entre distâncias de até 50 quilômetros realizadas no horário de tarifa super-reduzida (de zero hora às 6h).

Nos horários de tarifa normal (7h às 9h, de 12h às 14h e de 18h às 21h), haverá redução de 7,64% (até 50 km), de 10,94% (entre 50 e 100 km), de 8,71% (de 100 a 300 km) e reajuste zero para distâncias superiores a 300 km.

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS