Menu
SADER_FULL
quinta, 13 de maio de 2021
Busca
Brasil

Leia o artigo "ORAÇÃO E TRABALHO" por Pr. Mário Antonio da Silva

17 Set 2010 - 08h24Por Pr. Mário Antonio da Silva

   Desde o começo da minha vida cristã, tenho visto que muitos crentes ainda se “confundem” na busca de uma “solução” para um determinado problema. Oram por coisas que só resolvem com trabalho e trabalham por coisas que só se resolvem com oração. Imagine a confusão que isso produz. Com o passar do tempo, ele começa a achar que a oração não muda nada e trabalhar é inútil.
              Depois de muito pensar, a conclusão a que cheguei é esta: para que possamos ser bem sucedidos a oração e o trabalho devem sempre “andar juntos”. O cristão deve sempre trabalhar com dedicação, e orar sem cessar porque vive sempre na dependência de Deus, e não apenas do seu trabalho. A oração e o trabalho devem interagir em sua vida. Ele ora porque crê, e é através da oração que ele descobre a vontade do Senhor para sua vida. Quanto mais o crente ora, mais sente a necessidade de orar.
Entretanto, todos nós sabemos que oração e trabalho são duas coisas que espantam muita gente. Há os que fogem do culto de oração e os que fogem do trabalho. Há os que oram, oram, oram e pedem oração, mas não gostam de trabalhar. Outros se envolvem tanto com o trabalho que não sobra tempo para se dedicar à oração. Ainda outros, só oram por si e trabalham para si próprios.
Quando a oração ou o trabalho é negligenciado, ou seja, quando a oração e o trabalho não andam juntos, a pessoa não se realiza espiritualmente nem profissionalmente, suas preocupações, ansiedades, dificuldades, necessidades se acumulam e o levam para longe de Deus, trazendo sérias conseqüências para toda sua vida.
No Senhor Jesus, nós temos o melhor exemplo de como a oração e o trabalho devem fazer parte da vida do crente. Ninguém orou e trabalhou mais do que Ele. Nele vemos o perfeito equilíbrio entre uma vida de oração e trabalho. Ele nunca estava desocupado. Quando não estava orando, certamente estava trabalhando. Jesus nunca estava ocupado demais para orar. E nunca usou seus momentos de oração como desculpa para fugir das tarefas que o Pai lhe confiou. Muitas vezes ele deixava a multidão e os discípulos e subia a um monte para orar e passava a noite inteira em oração, e em seguida trabalhava o dia todo ensinando, pregando e curando. Como Ele mesmo dizia: “Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também”.
Meu querido irmão e irmã, com oração e trabalho, com certeza você será uma pessoa bem sucedida. Terá tudo o que precisa tanto espiritual como socialmente. Que Deus o abençoe. Amém.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada