Menu
SADER_FULL
domingo, 7 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
opinião

Leia o artigo “Brasileiros! Chegamos à Lua!”, por Autenir Rodrigues

Autor é funcionario público em Jateí.

5 Set 2013 - 09h48Por

Brasileiros! Chegamos à Lua!

“Um pequeno passo para um homem, um salto gigante para a humanidade”, a célebre frase de Neil Armstrong o primeiro homem a pisar na lua, entrou para a história em 20 de julho de 1969, e concretizava o sonho do homem em conquistar o espaço. Mas ainda, mesmo com todo aparato de provas disponíveis em som e imagem, sempre houve teorias que questionam o feito, e há quem duvide dessa proeza, principalmente em tempos de guerra fria entre Estados Unidos e URSS.

Aqui no Brasil, em pleno século XXI, no país ondemuita coisa acontece misteriosamente e ninguém sabe e ninguém vê; Onde o voto secreto e a imunidade parlamentar são moitas para políticos mal caráter se esconderem e praticar todo tipo de sacanagens com o povo, tivemos nesta terça feira (03 de setembro),um alento promissor, que dentro das dificuldades em se conquistar transparência e justiça neste país, pode-se comparar  ao feito de pisar no solo lunar. Uma data que pode entrar para a história, permitindo ao povo brasileiro, à exemplo das sabias palavras de Neil Armstrong, dizer: “Um tão esperado gesto no Congresso, uma grande conquista para os brasileiros”.

Finalmente as decisões dos nossos parlamentares terão nomes e rostos. Poderemos saber em favor de quem nossos políticos estão realmenteatuando. O fim do voto secreto em todas as instâncias legislativas deste país, será um marco definitivo no fortalecimento da democracia, principalmente quando o apelo popular exige um comportamento à altura de quem é  eleito pelo povo e para o povo deve exercer o poder a ele delegado sem nenhuma máscara.

Mas essa conquista não é fruto de um gesto iluminado e de redenção sem culpa de nossos Deputados Federais. Uma semana antes, no mesmo plenário da Câmara, nós, brasileiros fomos extremamente humilhados, vendo um presidiário condenado em todas as instancias judiciais, ser escoltado até o plenário da Câmara, se defender, votar emsí mesmo e receber o afago de seus “colegas”,devidamente protegidos pela votação secreta, manter o mandato do senhor Natan Donadon.

Foi dose para elefante! Um fato também para entrar para a história pelas portas dos fundos, como um dos maiores sacrilégios do Congresso Nacional à inteligência do povo brasileiro. O constrangimento foi grande, mas, como por milagre, a votação pelo fim do voto secreto obteve unanimidade! Com certeza, alguns dos cínicos que protegeram Natan Donadon, agora com asinhas de anjo, fazem coro pela transparência das votações. Mas quem são eles? Isso nunca saberemos.

Autor: Autenir Rodrigues de Lima

Funcionario Público – Jateí/MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento