Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 25 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Leia o artigo " 22 de Abril " por José Tibiriçá

18 Abr 2011 - 17h26Por

                          O Brasil, segundo os historiadores, foi descoberto no dia 22 de abril de 1500, isto aprendemos nas primeiras aulas de história que nos foram ministradas nos bancos escolares. Era dia de feriado, havia festividades, se lembrava dos feitos da esquadra portuguesa por nossos professores.

Em 2008, visitei o Mosteiro dos Jerônimos em Lisboa, onde existe um museu e nele, encontrei as estátuas de Pedro Álvares Cabral, Vasco da Gama e  Pero Vaz de Caminha. Nas margens do Rio Tejo, caminho de entrada do Oceano Atlântico um Monumento homenageia os navegantes.

                           Segundo relatado nos manuscritos, a expedição organizada pelos portugueses, a pedido do Rei Dom Manuel, tinha como objetivo repetir o feito de Vasco da Gama,  chegando às Índias em busca de metais preciosos, como o ouro, a prata e outras especiarias.

                           Decorridos mais de quinhentos anos, não se sabe com certeza porque Cabral desviou tanto a oeste, talvez para se evitar o Cabo das Tormentas, depois batizado de Cabo da Esperança. Sabemos apenas que, se não fosse a teimosia, a coragem portuguesa em descobrir novos lugares, o que foi chamado depois de novo mundo, muitos de nós não estaríamos aqui.              

                          Após muitos dias de viagem, Pero Vaz de Caminha escreveu em seu relatório: “ouviu-se um grito de terra vista”, era um monte que foi batizado de Monte Pascoal, pois era num dia de páscoa. Como eram cristãos, deu-se o primeiro nome à terra descoberta de Terra da Santa Cruz, cujo nome leva hoje a cidade de Porto Seguro na Bahia. O litoral brasileiro era rico em pau-brasil, motivo que passou a chamar-se Brasil. Ao se construir a capital brasileira em 1960, recebeu o nome de Brasília, que em latim significa Brasil. Aprendi o latim cursando a quinta série no Seminário Santo Antonio em Rio Brilhante, através do nosso mestre Frei Eucario Schmitt. Frase latina: Brasília terra est. = O Brasil é um País.

                          Pero Vaz Caminha ao rei de Portugal descreveu detalhes da viagem, sobre os índios, a terra, fez esta observação: aqui tudo se plantando, dá. No período em que estive em Portugal, pude verificar in loco, de norte ao sul, de oeste a leste que ali se aproveita todo o espaço, ninguém passa fome, se cultiva muita coisa, hábito que deveria ser adotado pelos agricultores brasileiros, seus filhos, tanto na zona rural, como para aqueles que vivem na cidade. Em nossa cidade existem lotes baldios, casas ocupadas com grande área, onde cada um poderia ter sua horta, ao menos o básico, porém poucos têm vocação para tal, é mais fácil ir lá aos supermercados, feiras  e comprar as hortaliças.

                          Lá nossa família ainda tem um pequeno imóvel deixado por meus avós paternos ao virem para o Brasil, trabalhar na construção da ferrovia noroeste em 1917, logo após o término da primeira guerra mundial. Chegando aqui só encontraram animais selvagens, doenças, muitos morreram de moléstia, sua velha casa de pedra lá deixada, não foi invadida por ninguém, foi me entregue depois de 91 anos, cujo hábito nosso povo poderia adotar, o tão falado respeito à propriedade. No pequeno espaço existe uma vindima centenária, cuja colheita acontece no mês de outubro, minha prima Angelina dos Santos Martins, 80 anos e seu esposo João José Ferreira, 83, fazem o vinho, do seu bagaço, a bagaceira, a aguardente ou pinga, isso em Mata de Lobos, região nordeste, na divisa com a Espanha.

                         Nessa freguesia tem um marco onde aconteceu a batalha de Salgadela, onde é narrada história em que os Matenses expulsaram os espanhóis definitivamente, isso em 7 de junho de 1664.

                         Em sua carta transcrita Pero Vaz de Caminha, li que o primeiro contato com os índios tupiniquins aqui, de origem tupi-guarani, aconteceu no dia 23 de abril e houve troca de objetos e cortesias. A primeira missa celebrada foi justamente no dia 26 de abril, domingo de páscoa, cuja cena foi reproduzida em quadros, simbolicamente com índios observando o ritual. Muitos cidadãos portugueses foram deixados em nossa terra, dizem até como punição por terem praticado delitos em Portugal, é contado por alguns historiadores, mas muitas pessoas de boa índole também vieram, assim começou a nossa civilização, inicialmente onde portugueses constituíram família despojando as índias, formando o grupo de mamelucos. Eu sou um produto dessa união, como muitos, por isso temos que dar valor à cultura indígena, numa maior integração. Da união da raça negra com a indígena surgiu o cafuzo, da  raça negra com a branca o mulato e da  indígena com a branca o mameluco. Estas foram as primeiras miscigenação, são os verdadeiros brasileiros.

                        Os índios sim foram os primeiros habitantes e para homenagearam adotaram como data oficial para homenageá-los o dia 19 de abril tendo opresidente Getúlio Vargas assinado o decreto-lei 5540 em 1943, relembrando o dia em 1940 em que várias lideranças indígenas do continente, resolveram participar do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, realizado no México. Eles haviam boicotado os dias iniciais do evento, temendo que suas reivindicações não fossem ouvidas pelos "homens brancos". Durante este congresso foi criado o Instituto Indigenista Interamericano, também sediado no México, que tem como função zelar pelos direitos dos indígenas na América.

                        O Brasil não aderiu imediatamente ao instituto, somente após a intervenção do matogrossense Marechal Candido da Silva Rondon que apresentou sua adesão, instituindo-se o Dia do Índio no dia 19 de abril. Esta data, como a  do descobrimento do Brasilsão muito importantes para quem gosta do Brasil, um marco histórico para nosso país, todo continente americano e para o mundo.

                           Pelo fato do Brasil ter paz, um céu azul, matas verdes, o ouro que hoje representa as outras riquezas, na sua bandeira, essas cores foram retratadas em nossa bandeira. É nossa obrigação amá-la, defendê-la e nunca ninguém poderá incinerá-la sob o pretexto de que parte do povo brasileiro foi escravizado. Para incinerá-la tem o seu dia, 19 de novembro,  mas numa solenidade especial presidida pelas unidades militares.

                           Fala-se muito em escravidão no Brasil. Será que os índios não foram escravizados? Os portugueses, os italianos, os alemães, os japoneses e outros povos que constituem a miscigenação brasileira não foram escravos também? Foram submetidos a trabalhos forçados, muitos até em troca da comida e ninguém reclama. Se algo errado aconteceu no passado, a bandeira brasileira não tem culpa disso e o ato de vandalismo promovido por Paulo Sergio Ferreira contra a Bandeira na Praça dos Três Poderes, queimada pelo dito cidadão durante protesto na manhã de uma quarta-feira, em 13/04/2011, é um ato contra todos nós. O que aconteceu em Brasília, poderá alimentar em nosso país um ódio entre as várias raças. Existem alguns países interessados em nossas riquezas, muita gente está fazendo vista grossa, o que eles querem &eacut

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro