Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de junho de 2021
Busca
Brasil

Leia a coluna Fala Sério “Para quê dar nomes a tudo”?

24 Nov 2009 - 18h00

Para quê dar nomes a tudo?

 

Vocês já notaram uma coisa? Os seres humanos têm a mania de dar nome a tudo! Desde a si mesmos, aos animais, ás coisas, à natureza, a tudo. E nem sabem como e quem começou com isso. Mas já que todos fazem, vamos fazer também. O que não dá para entender é que se o Pedro é o Pedro e o Paulo o Paulo, existem tantos Pedro das Couves por aí, e basta que um faça uma besteira para que todos os outros paguem o pato.

 

Pato! Ora, porque ele tem esse nome e lhe deram essa ridícula fama de pagar pelos erros dos outros. Será que ele gosta dessa idéia? Tenham certeza de que jamais lhe perguntaram.

 

Agora, porque o leão é leão, peixe é peixe, e o pior, tubarão, peixe espada, lambari, cação, e assim por diante?

 

O gato é gato e o cachorro é cachorro por quê? Mesmo que um seja dócil habitante dos lares desde os mais antigos tempos, e o outro está rotulado como o melhor amigo do homem.

 

O interessante e que ainda existe o ditado que é preferível ter um cachorro amigo do que um amigo cachorro. Poxa! Que discrepância essa! Se gostaram de ter um cachorro amigo, por que então desmoralizá-lo ao renegar um amigo cachorro. O cachorro é ou não é o melhor amigo do homem?

 

Coisas do homem, claro! Que jamais o cachorro irá entender!

 

E assim vamos colocando nome em tudo. Alguns até tem razão de ser para serem identificados dos outros, como os rios, por exemplo,

 

senão todos seriam Amazonas. Mas porque seria ele, Amazonas?

 

Da mesma maneira, poderíamos pensar nas nossas florestas. Pinheiro, eucalipto, amoreira, cedro e assim por diante. O bonito é que cada um tem como os animais nomes científicos como xispicrotopificanomba. Nem pergunte de quem é esse nome científico, porque foi criado agora e, por favor, respeitem nosso direito autoral. Fala Sério!

 

Para nós as borboletas continuam sendo amarelas, vermelhas, azuis, brancas, de cores variadas. As flores também! Lindas, enchem nossos campos e jardins de cores e perfumes. Por isso, para quê saber seus nomes?

 

Deixem-nas no seu anonimato, nos dando o prazer de saber sentir o sabor de viver!

 

Esta coluna está em mais de setenta jornais impressos e eletrônicos do Brasil e Exterior.

 

Escritor, Cronista e Palestrante, membro da AGEI, Associação Gaúcha dos Escritores Brasileiros.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial
918d8b7fa56ee0a828ae4ad908fedeb3 ATENTADO AO PUDOR
Casal é flagrado fazendo sexo em plena praça pública no dia dos Namorados
TRAGEDIA NA RODOVIA
Jovem morre após desviar de buraco e cair com carro em córrego