Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 13 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

Lei garante cota de vagas para mulheres mototaxistas em Campo Grande

8 Out 2009 - 16h59Por Mídia Max
O prefeito Nelson Trad Filho sancionou a lei de autoria da vereadora Magali Picarelli, que determina a reserva de 20 por cento das vagas, na concessão de alvarás para a exploração do serviço de moto-táxi em Campo Grande, para as candidatas mulheres.

A norma acrescenta um dispositivo ao artigo 3º da lei nº. 3.323, de 2 de maio de 1997.

De acordo com a técnica em Educação para o Trânsito da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Vera Lúcia de Matos, “as mulheres motoristas e motociclistas são mais cautelosas do que os homens no trânsito”.

Ela acredita que a nova lei servirá como “um incentivo para as mulheres, porque atualmente existem poucas mototaxistas”.

“Apesar de serem minoria, as mototaxistas são profissionais supercapacitadas que estão conquistando um espaço que era preferencialmente masculino”, opina o presidente do Sindicato dos Mototaxistas (Sindmototaxi), Dorvair Caburé. De acordo com a entidade, apenas 12 mulheres trabalham como mototaxistas em Campo Grande.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas