Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 3 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Leão lembra Santos de 2002 para classificar Corinthians

22 Mar 2007 - 04h49
O técnico Emerson Leão encontrou em uma situação vivida por ele há pouco mais de quatro anos a fórmula para motivar o Corinthians nesta reta final de Campeonato Paulista: a campanha do Santos na conquista do Brasileiro de 2002. “Ninguém apostava na gente. Entramos com a oitava vaga e depois ganhamos dos grandes paulistas”, afirmou o treinador.

No último Brasileiro disputado em mata-mata, o Santos ficou na oitava posição na primeira fase - o time perdeu para o São Caetano na última rodada e só se classificou graças à derrota do Coritiba por 4 a 0 para o já rebaixado Gama. Nas quartas-de-final, atropelou o São Paulo, com vitórias por 3 a 1 e 2 a 1, e depois bateu o Corinthians na final, também duas vezes: 2 a 0 e 3 a 2.

A motivação de Leão serve não apenas pelo fato de o time poder alcançar a última vaga no Paulistão - para chegar, o Corinthians terá de ganhar seus cinco jogos, de acordo as contas do treinador. A confiança tem ligação, também, com a fato de a equipe ainda não ter ganho nenhum clássico no ano.

“Claro que estamos longe de ser aquele Santos e também o atual São Paulo", disse Leão, lembrando que aquele time santista tinha Diego e Robinho explodindo para o futebol. "Mas não somos apenas nós que temos de encarar os rivais em clássicos. Eles também terão de nos encarar, e com igualdade.”

O volante Daniel, que fazia parte do elenco santista naquela conquista, endossou as palavras do chefe. “Depois da classificação, o astral foi lá em cima. Ganhamos confiança com a possibilidade de se chegar ao título”, lembra. “A torcida foi junto e acabamos conquistando os bons resultados”, completou.

O jogador vê semelhanças entre 2002 e a situação corintiana agora. “Ninguém botava fé no Santos e nossa equipe estava em formação”, lembrou. No Corinthians de hoje, Leão ainda quebra a cabeça para definir um time titular. Por isso, manda o recado. “Se chegarmos entre os quatro, tudo se repete. O Corinthians cresce em decisão.”

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia
1º CASO NO BRASIL
Paciente recuperada de coronavírus no Piauí volta a ter teste positivo
VITIMAS DA COVID 19
Mãe, avó e irmão de jovem morrem por covid-19: 'essa doença é horrível'
COVID-19
Brasil registra mais de 31 mil mortes por covid-19
COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico