Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Juventus, Lazio e Fiorentina caem à Série B; Milan escapa

14 Jul 2006 - 16h26
O Tribunal Disciplinar da Federação Italiana de Futebol anunciou, nesta sexta, a queda de Juventus, Lazio e Fiorentina para a Série B do Campeonato Italiano. O Milan escapou do rebaixamento, mas fica fora da Copa dos Campeões da temporada 2006/2007.

Todos os clubes foram punidos devido ao envolvimento no escândalo dos jogos manipulados do Campeonato Italiano.

A equipe da Juventus, além do rebaixamento, perdeu os títulos das temporadas 2004/2005 e 2005/2006, e inicia o próximo torneio da Série B com menos 30 pontos.

A Lazio inicia na segunda divisão com menos 7 pontos e a Fiorentina com menos 12. Ambas caíram para a última colocação no campeonato da Série A em 2005/2006.

O Milan, que conseguiu sua permanência na principal divisão da Itália, começa a próxima temporada da Série A com déficit de 15 pontos.

Sem participar da Copa dos Campeões, o Milan deve perder um valor em torno de 30 milhões de euros (cerca de R$ 83 milhões) relativos aos direitos de participação e transmissão de TV ligados ao torneio.

Na temporada passada, quando foi vice-campeão, o Milan obteve 88 pontos. No entanto, perdeu 44 pontos e ficou com 44 na classificação final, desabando para a 11ª colocação.

Os jogadores Kaká e Cafu, que atuam pela equipe rubro-negra foram procurados pela reportagem do Terra Esportes, mas não quiseram se manifestar, já que ainda cabe recurso sobre a decisão.

Quem acabou sendo beneficiado com as sanções, foram Inter de Milão e Roma, que vão disputar direto a fase de grupos da Copa dos Campeões. Chievo e Palermo irão jogar a fase eliminatória do torneio.

Com o rebaixamento das três equipes, Messina, Lecce e Treviso ascendem à Série A da temporada 2006/2007.

Dirigentes

Os ex-dirigentes da Juventus Luciano Moggi e Antonio Giraudo foram suspensos por cinco anos de qualquer atividade esportiva no país. A Corte de Apelação puniu Adriano Galliani, vice-presidente do Milan e presidente da Liga de Futebol da Itália, com um ano de suspensão dos cargos que ocupa.

Diego Della Vale, proprietário da Fiorentina, foi sancionado com quatro anos de inabilitação e uma multa de 30 mil euros. Seu irmão Andrea, presidente do clube, sofreu pena de três anos e seis meses, assim como Claudio Lotito, proprietário e presidente da Lazio.

Franco Carraro, ex-presidente da Federação Italiana, e o árbitro Massimo De Santis, sofreram condenação de quatro anos e seis meses de inabilitação cada um. Já o ex-dirigente da Comissão de Arbitragem Pierluigi Pairetto e o ex-presidente da Associação de Árbitros Tulio Lanese foram sancionados com dois anos e seis meses de inabilitação.

Os envolvidos podem recorrer das sentenças da Corte de Apelação da Federação Italiana de Futebol na Corte Federal, segunda e última instância esportiva responsável pelo julgamento de casos do "calcio".

 

Terra 

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro