Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Justiça libera R$ 2 milhões para ex-empregados da Cooagri

8 Abr 2011 - 08h28Por Dourados Agora

O Juiz da 2ª Vara Cível de Dourados, José Carlos de Souza, liberou das contas do Tribunal de Justiça a quantia de R$ 2 milhões. O recurso, proveniente de arrendamentos de armazéns da Cooperativa Agropecuária e Industrial de Mato Grosso do Sul (Cooagri) será destinado ao pagamento de salários de ex-funcionários, que fizeram acordos trabalhistas. O valor será dividido entre 300 pessoas que atuavam na cooperativa. De acordo com o liquidante da dívida, indicado pela Justiça para efetuar os pagamentos, Gilberto Bernardi, a partir da próxima segunda-feira o dinheiro já começa a ser depositado na conta dos beneficiários.

No ano passado, cerca de 90 ex-funcionários receberam o pagamento dos salários atrasados. Uma terceira parcela deve ser paga no ano que vem, pelo judiciário. O valor representa 5% do valor total arrecadado de R$ 5 milhões para o pagamento de encargos trabalhistas.

Para quitar estas dívidas a justiça fez acordo com oito empresas que alugam os 18 armazéns da Cooperativa. No ano passado elas se comprometeram a antecipar o pagamento da estocagem da safra de soja. Foram 50% em em 2010, 25% em 2011 e os demais 25% em 2012. As empresas poderão reformar e estocar por três anos. O pagamento é depositado diretamente numa conta única do Tribunal de Justiça.

"A medida resolve dois problemas crônicos. O primeiro é a falta de local para armazenamento de grãos para produtores no Estado. O segundo é o pagamento dos servidores", explicou o juiz, observando que ainda faltarão outros R$ 2 milhões para saldar a dívida com os fornecedores, mas que este é o segundo passo da justiça para resolver o impasse.

A empresa deu os primeiros sinais de falência em 2008. De lá para cá, produtores, servidores e os fornecedores ficaram sem pagamento. Em 2009 cerca de 120 funcionários foram para frente do Fórum exigir providências. À época, eles informaram que todos estavam sem receber e não poderiam conseguir outro emprego porque a diretoria da Coagri não havia dado a baixa nas carteiras de trabalho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos